São João 2018

Etapa do Festival Nacional de Quadrilhas Juninas movimentou Arraial da Maria Aragão

Neste domingo (1º), última noite de programação, show de Pinduca e apresentações de grupos folclóricos são as grandes atrações
Na Mira01/07/2018 às 14h25
Etapa do Festival Nacional de Quadrilhas Juninas movimentou Arraial da Maria AragãoA quadrilha Mirim Mocinha do Sertão, da Vila Dom Luís, fez a abertura da competição. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - No penúltimo dia de programação, o Arraial da Maria Aragão abriu espaço para a apresentação de sete quadrilhas juninas. Elas disputaram classificação para o Festival Nacional de Quadrilhas Juninas, que será realizado em Brasília (Distrito Federal), de 3 a 5 de agosto, com apoio do Ministério do Esporte.

A quadrilha Mirim Mocinha do Sertão, da Vila Dom Luís, fez a abertura da competição, mas não entrou na avaliação dos quatro jurados convocados pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), para fazer a pontuação da classificada. A brincadeira, composta só por crianças entre 6 e 11 anos, entusiasmou o público que aplaudiu a iniciativa.

As concorrentes foram a Alegria da Vila (Vila Embratel), Juventude Esperança (Alto da Esperança), Rainha do Sertão (do bairro Mato Grosso), Juventude do Sertão (Vila Luizão), Pé Trocado (conjunto São Raimundo) e Fogo Caipira (Divinéia). As quadrilhas Princesa do Cajupe (Cajupe) e Império do Sertão (Areinha) não compareceram.

A grande vencedora da noite foi a Fogo Caipira, seguida pela Juventude do Sertão (2º lugar), Rainha do Sertão (3º lugar), Alegria da Vila (4º lugar), Juventude Esperança (5º lugar) e Pé Trocado (6º lugar). As quatro primeiras colocadas irão participar do Campeonato Maranhense de Quadrilhas, no mês de julho. Daqui há duas semanas, as quadrilhas voltam a se encontrar para mais uma etapa de classificação, contando com a presença de uma quadrilha da cidade de Imperatriz, que também será definida por meio de uma competição.

O proprietário da quadrilha Fogo Caipira, Wilson Maia, falou sobre a emoção de ter ganhado o primeiro lugar. "Foi algo maravilhoso. Este ano, o tema trabalhado por nós foi sobre a natureza, a Gaia (terra), usamos elementos teatrais e culturais para narrar a história do meio ambiente que desejamos deixar para nossos filhos e netos", destacou.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.