Programação

Sessão Vitrine Petrobrás começa em fevereiro, em São Luís

Projeto exibirá mais de 15 filmes em circuito comercial pelo país.
Na Mira06/02/2017 às 11h42

SÃO LUÍS - Documentários e longas nacionais ganham espaço no Centro Histórico de São Luís ao longo de 2017. Este mês, começa o projeto Sessão Vitrine Petrobrás, que ocorrerá durante até o fim do ano, no Cine Praia Grande.

O projeto realiza a distribuição coletiva de filmes brasileiros, incluindo coproduções internacionais, exibindo um recorte da produção audiovisual contemporânea. A sessão ocorrerá em, pelo menos, 20 cidades, com programação contínua lançando um filme a cada duas semanas, realizando pré-estreias com os diretores e debates.

A Sessão Vitrine Petrobrás fomenta uma relação entre o espectador e o evento de ir ao cinema, por meio de lançamentos e sessões com debates, investindo na formação de novas plateias e fortalecendo o circuito audiovisual como um todo.

Cada filme do projeto terá, pelo menos, uma sessão diária com horário fixo, nos mesmos cinemas de 20 cidades. Os filmes ficarão em cartaz por, no mínimo, duas semanas em cada local.

Os ingressos custarão R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia). Os filmes serão exibidos às 16h. Veja, abaixo, a programação:

A Cidade onde Envelheço, de Marília Rocha;

Ficção | 2016 | 99’ | Brasil-Portugal;

Data de estreia: 9 de Fevereiro de 2017.


Waiting for B, de Paulo Cesar Toledo e Abigail Spindel;

Documentário | 2016 | 72’ | SP;

Data de estreia: 2 de Março de 2017.

Jonas e o Circo sem Lona, de Paula Gomes;

Documentário | 2015 | 81’ | BA;

Data de estreia: 16 de Março de 2017.

O Ornitólogo, de João Pedro Rodrigues;

Ficção | 2016 | 118’ | Portugal-França-Brasil;

Data de estreia: 30 de Março de 2017.

Martírio, de Vincent Carelli, e co-dirigido por Ernesto de Carvalho e Tita;

Documentário | 2016 | 160’ | PE;

Data de estreia: 13 de Abril de 2017.


Rifle, de Davi Pretto;

Ficção | 2016 | 88’ | RS.

Taego Ãwa, de Henrique Borela e Marcela Borela;

Documentário | 2016 | 75’ | GO.

Muito Romântico, de Melissa Dullius e Gustavo Jahn;

Ficção | 2016 | 72’ | Brasil-Alemanha.

Elon não Acredita na Morte, de Ricardo Alves Jr;

Ficção | 2016 | 75’ | Brasil - Argentina.


Divinas Divas, de Leandra Leal;

Documentário | 2016 | 110’ | RJ.

Corpo Delito, de Pedro Rocha;

Documentário | 2016 | 74’ | CE.

Los Territórios, de Iván Granovsky;

Documentário | 2017 | 93’ | Argentina-Brasil.

Invisible, de Pablo Giorgelli;

Ficção | 2017 | 90’ | Argentina - Brasil;

Inédito.

Meu Corpo é Político, de Alice Riff;

Documentário | 2017 | 71’ | SP;

Inédito.

Paulistas, de Daniel Nolasco;

Documentário | 2017 | 76’ | GO/RJ;

Inédito.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.