São João 2016

"São João de Todos", na praça Maria Aragão, tem programação diversificada

Manifestações de variados ritmos e cores tornam a programação diversa.
Divulgação20/06/2016 às 18h41

SÃO LUÍS - A diversidade de ritmos na programação do domingo (19) no Arraial da Praça Maria Aragão atraiu um grande público, de várias idades e gostos musicais, que prestigiaram o São João de Todos. A programação agradou a criançada e familiares, com a apresentação teatral do "Casimiro Coco conta o auto do bumba meu boi", do grupo Laborarte, esquete inspirada no auto do folguedo. Com muita música e interação com o público infantil, os espectadores foram convidados a sentar no palco, próximo dos fantoches falantes. "Criado em 2013, a apresentação do Casemiro do Coco narra a história do alto do bumba meu boi de uma forma bem lúdica e didática, de uma forma que as crianças possam compreender de como se dá o início da tradição da história do bumba boi durante o período junino", destacou a atriz, Luana Reis.

Manifestações folclóricas de variados ritmos, cores, sons, indumentárias e instrumentos musicais tornam a programação diversa e aguça o olhar curioso até mesmo de quem já participa há anos dos arraiais da capital. "Gosto de levar meus netos e filhos, desde cedo, para os arraiais da nossa cidade, que sempre muito alegres e coloridos animam desde os nossos netos, e a mim, que mesmo conhecendo a história, me encanto, todos os anos, com as apresentações dos grupos de dança e bumba meu boi", disse Maria José, de 68 anos.

O cacuriá mirim Rabo de Saia, formado por crianças do bairro da Liberdade, foi a segunda apresentação da noite no palco central. "As crianças do nosso bairro estavam muito ociosas, e como na Liberdade a dança que predominava era a quadrilha, nós resolvemos criar o cacuriá mirim. Há 18 anos nos apresentamos e incentivamos a criação de mais cinco cacuriás, fazendo a integração da dança", relatou Ozeane Durantes, fundadora do grupo.

Às 20h, a dança portuguesa Império de Lisboa trouxe o brilho e passos contagiantes, com o tema "Las Vegas", conhecida pela quantidade de cassinos, hotéis e jogos eletrônicos. Ao som da união dos instrumentos e encanto da lua cheia, que preenchia os espaços por onde cada atração se apresentava, o Boi Pirilampo, com 120 integrantes, agitou o público da praça ao relembrar canções que marcam a tradição e história do boi.

Boleros

No palco principal, Eugênia Miranda, conhecida como a Musa do Bolero no Maranhão, empolgou a multidão pela versatilidade e animação a cada música interpretada. Relembrando canções de compositores maranhenses, como Papete, Eugênia fez o público dançar e se emocionar ao som de Bela Mocidade, de clássicos juninos executados em ritmo de bolero, como São João na Ilha e Festa do Interior, e da sua trajetória musical. "Estou muito feliz por esse momento que estamos vivendo na nossa cidade, que é o São João. Só tenho a agradecer ao nosso prefeito, Edivaldo e a todos os profissionais da secretaria de cultura por esse evento que é o São João de todos", disse Eugênia Miranda.

O palco da praça Maria Aragão receberá, ao longo dos 10 dias de festividade junina, grandes nomes da música popular maranhense, como Gabriel Melônio, banda Maquina du Tempo, Rosa Reis, Teresa Canto, Smith Júnior, Mano Borges e Folia de Três. A segunda noite de programação no Arraial da Maria Aragão ainda contou com a apresentação do Boi de Leonardo (sotaque de zabumba) e Boi de Nina Rodrigues (sotaque de orquestra).

Programação

Nesta terça-feira (21), a programação começa às 19h, com apresentação da Dança Portuguesa Arte e Beleza de Portugal; show Folias Juninas, do grupo Os Foliões; Quadrilha Nova Esperança; Boi Unidos Venceremos (zabumba); Boi de Sonhos (orquestra) e Boi do Maiobão (matraca).

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.