18ª edição

Projeto Sonora Brasil ocorre no mês de setembro, em SL

Fique por dentro da programação completa do evento na capital e em Caxias.
Na Mira07/09/2015 às 10h23

SÃO LUÍS - Ocorre, no mês de setembro, em São Luís, a 18ª edição do projeto Sonora Brasil que traz os temas Sonoros ofícios — cantos de trabalho e Violas brasileiras. Na edição 2015, recebendo apenas o primeiro tema, quatro grupos musicais se apresentam na capital maranhense e em Caxias, de 12 a 19 de setembro. Em São Luís, as apresentações começam no dia 12 de setembro, com o grupo Ilumiara (MG), no Teatro da Alcione Nazareth. Caxias dá início ao projeto com as Cantadeiras de Sisal e Aboiadores de Valente (BA), no dia 15 de setembro, na Sala de Cultura Martinha Cruz. Os espetáculos serão apresentados às 19h, com entrada franca.

O grupo mineiro Ilumiara abre as apresentações em São Luís no dia 12 de setembro, às 19h, no Teatro da Alcione Nazareth, no Centro da cidade. O Ilumiara é formado por cinco músicos da cidade de Belo Horizonte que atuam como pesquisadores, sendo o único dos quatro grupos que não está relacionado a uma prática de tradição. Com um repertório musical contextualizado ao histórico-social dos cantos de trabalho no Brasil, o grupo interpretará vissungos (canto de trabalho, exclusivamente, utilizado por escravos mineradores das cidades de Diamantina), cantigas de ninar, canto de lavadeiras em arranjos elaborados a partir de registros de pesquisadores como Mário de Andrade, Oswaldo de Souza e Ayres da Mata Machado.

Em Caxias, a programação inicia com o espetáculo das Cantadeiras de Sisal e Aboiadores de Valente (BA), no dia 15 de setembro, às 19h, na Sala de Cultura Martinha Cruz. As cantadeiras do sisal são mulheres que trabalharam por muito tempo na produção da fibra e que hoje são artesãs. O repertório das cantadeiras é formado por cantigas conhecidas desde a infância e outras de uma memória mais recente que tratam de questões cotidianas e fazem alusão a particularidades da produção sisaleira. Aboiadores de Valente é formado por Ailton Aboiador e Ailton Jr., pai e filho conhecidos como aboiadores na região. O pai trabalhou por muitos anos com o gado, o aboio “pé duro” foi sua ferramenta de trabalho e as toadas foram sua companhia das horas de descanso no campo. O filho, sempre acompanhou o pai na lida com o gado e na adolescência formaram a dupla cantando aboios e toadas.

No biênio 2015/2016 do projeto Sonora Brasil, o Maranhão mais uma vez tem um representante das suas raízes culturais circulando por todo o país: As Quebradeiras de Coco Babaçu. Com um repertório de 17 canções, as oito componentes apresentam a luta, vida e ofício dessas batalhadoras mulheres em uma apresentação dividida em três blocos: O primeiro reúne músicas, geralmente cantigas de roda, cantadas durante o trabalho para os filhos que acompanhavam os pais na labuta. Já o segundo mostra rotina de trabalho e familiar dos adultos, enquanto o último é composto por canções ligadas ao movimento das mulheres que trabalham nos babaçuais e lutam por seus direitos. Com voz firme e potente, as músicas são marcadas pelo ritmo das ferramentas usadas na quebra: o machado e o porrete.

Veja, abaixo, a programação completa:

São Luís

Grupo Ilumiara (MG);

Data: 12 de setembro/2015;

Local: Teatro da Alcione Nazareth - Centro Histórico;

Horário: 19h.

Destaladeiras de Fumo de Arapiraca (AL);

Data: 15 de setembro/2015;

Local: Teatro da Alcione Nazareth - Centro Histórico;

Horário: 19h.

Cantadeiras de Sisal e Aboiadores de Valente (BA);

Data: 17 de setembro/2015;

Local: Teatro da Alcione Nazareth - Centro Histórico;

Horário: 19h.

Quebradeiras de Coco Babaçu (MA);

Data: 19 de setembro/2015;

Local: Teatro da Alcione Nazareth - Centro Histórico;

Horário: 19h.

Caxias

Cantadeiras de Sisal e Aboiadores de Valente (BA);

Data: 15 de setembro/2015;

Local: Sala de Cultura Martinha Cruz – Sesc;

Horário: 19h.

Grupo Ilumiara (MG);

Data: 16 de setembro/2015;

Local: Sala de Cultura Martinha Cruz – Sesc;

Horário: 19h.

Quebradeiras de Coco Babaçu (MA);

Data: 17 de setembro/2015;

Local: Sala de Cultura Martinha Cruz – Sesc;

Horário: 19h.

Destaladeiras de Fumo de Arapiraca (AL);

Data: 19 de setembro/2015;

Local: Sala de Cultura Martinha Cruz – Sesc;

Horário: 19h.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.