Crítica

O Último Cine Drive-In: "tocante sem ser piegas", diz crítico

Produção premiada conta com direção e roteiro de Iberê Carvalho.
Em Cartaz22/08/2015 às 17h00

A sensação após assistir ao longa-metragem de estreia do diretor e roteirista Iberê Carvalho é agridoce e, perdoem-me o clichê, equivalente a sentir saudades de um tempo que nunca vivi e jamais viverei. Uma época em que ir ao cinema era um programa mágico, fascinante e autônomo, não apenas uma mercadoria ou distração comercializada dentro dos shoppings centers, como acontece nos dias atuais. Os fósseis desta “(pré-)história” cinematográfica, os cinemas de rua e drive-in, foram abandonados no coração das cidades, enfeitando (ou enfeiando, de acordo com o estado da conservação) a paisagem com um misto de nostalgia e curiosidade; entretanto, cada um narra uma história ímpar de amor e dedicação irrestrita ao cinema e é este sentimento que move este bonito O Último Cine Drive-In.

Leia mais sobre a crítica clicando aqui.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.