UFMA: Exposição coletiva é inaugurada hoje no Palacete Gentil Braga

Assecom 12/09/2002 às 04h29

Será aberta nesta quinta-feira, 12 de setembro, às 19 horas, na Galeria Antonio Almeida a Exposição Coletiva Visões Ludovicenses, coletiva realizada pela Universidade Federal do Maranhão, reunindo trabalhos em diversas técnicas que fazem releitura da capital maranhense.

Participam da exposição Visões Ludovicenses os artistas Binho Dushinka, Isabel Matos, Antonio Bergê, Roberto Lameiras, Adiel Belo, Adriana Karlem, Marlene Barros, Rodrigo Souza, Thiago Martins, Mauro Bicudo, Ivagner Thony, Ana Borges, Cláudia Lobo, Antonio Carlos Vermelho e Ciro Falcão.

A exposição que integra o programa de Artes Plásticas/2002, lançado pela UFMA, Consórcio de Alumínio do Maranhão – ALUMAR e Amazônia Celular integra as comemorações da Universidade federal do Maranhão pelos 390 Anos da cidade de São Luís, onde cada artista deu sua visão pessoal de como ver a capital maranhense, hoje, considerada Patrimônio da Humanidade.

CURADOR

A referida exposição tem a curadoria do artista plástico Ciro Falcão que idealiza a homenagem aos 390 Anos da cidade de São Luís, fonte de inspiração para suas obras e de outros artistas. Ciro é artista atuante nos projetos UFMA-ALUMAR e desenvolve oficinas de artes plásticas, tendo recentemente instituído uma oficina de xilogravura que se desenvolve na Morada das Artes, Praia Grande. Algumas dessas produções estará a mostra nesta exposição, junto aos conjuntos dos quadros. O artista plástico Antonio Carlos Vermelho exporá a escultura “bailarina”, executada na técnica plástico reciclado-executada em outubro de 2001. O poeta Dyl Pires, confirmou sua participação na exposição, interpretando poesias de autores locais. Esculturas em madeira (pau darco) executadas por Wagner Thony, farão parte desta sugestiva exposição, performance de Mauro Bicudo, ainda integram a mostra que pretende ser um presente, embora singelo de alguns nomes de artistas locais.

Com o caráter efêmero, a exposição não pode englobar todos os artistas da cidade, mas pretende esperar uma lacuna nesta época de correria política, em que não se tem dado abertura à exposição de artes plásticas, nem salões com prêmios e incentivos para esses profissionais; outros nomes constam da mostra, intento de expor talentos locais.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.