Sequência

Dirty Dancing ganha previsão de estreia para 2024

A protagonista do primeiro longa, Jennifer Grey, foi confirmada no elenco.

Na Mira

- Atualizada em 09/05/2022 às 17h35
A produção original custou US$ 6 milhões.
A produção original custou US$ 6 milhões. (Foto: divulgação)

BRASIL - O clássico longa-metragem “Dirty Dancing: Ritmo Quente” ganhará uma sequência que deve marcar o retorno da protagonista Jennifer Grey ao seu papel original após 36 anos do primeiro filme. O lançamento para a continuação de Dirty Dancing está previsto para 2024 e deve seguir com o mesmo título da versão original.

A segunda parte de um dos filmes mais famosos dos anos 80 ainda não teve mais informações divulgadas, mas já foi confirmado que Jonathan Levine (Meu Namorado é um Zumbi e Casal Improvável) assina a direção do longa-metragem. O roteiro está a cargo de Mikki Daughtry e Tobias Iaconis, os mesmos de “A Cinco Passos de Você” e “A Maldição da Chorona”.

O primeiro Dirty Dancing chegou a faturar US$ 213 milhões nos cinemas quando foi lançado. No filme original, é contada a história da jovem Frances Houseman, a Baby, criada com privilégios e um pai rigoroso. Durante uma visita a um resort, a personagem principal acaba se apaixonando por seu instrutor de dança e com uma trajetória de vida bem contrária dela.

 

 

 

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.