Lançamento

Professor de São Bernardo estreia música inédita na Alemanha

Paulo Rios Filho é professor do curso de Linguagens e Códigos.
Na Mira, com informações da UFMA24/02/2017 às 09h21

SÃO BERNARDO – O compositor e professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Paulo Rios Filho, é um dos compositores convidados do projeto Reinventing Smetak (Reinventando Smetak), realizado pelo tradicional conjunto alemão Ensemble Modern, em parceria com o DAAD Artistas-em-Berlim, e com apoio do Gorthe Institute, em homenagem ao compositor, violoncelista e inventor de instrumentos suíço-brasileiro, Walter Smetak.

Paulo, que integra o projeto junto aos brasileiros Arthur Kampela (radicado em Nova Iorque) e Daniel Moreira (radicado em Hannover) e à australiana Liza Lim, é o autor da obra Volvere, que, após cinco meses de pesquisa e criação, será estreada pelo conjunto alemão neste sábado (25), em Frankfurt na Alemanha.

O Ensemble Modern é um dos mais antigos e mais importantes grupos de música contemporânea da Europa, tendo estreado obras de diversos compositores modernos, como John Adams, Hans Zender, Heiner Goebbels, Hans Werner Henze, Mauricio Kagel, Helmut Lachenmann, György Kurtág, György Ligeti, Karlheinz Stockhausen, Steve Reich e Frank Zappa.

Em conjunto com o programa de residências artísticas do DAAD (Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico), o ensemble lançou o projeto em homenagem a Smetak e irá utilizar, nos concertos do projeto, réplicas e originais de alguns dos mais fascinantes instrumentos inventados pelo Velho Bruxo, como é conhecido o compositor Suíço, falecido em 1984, com 71 anos de idade.

Além da estreia, em Frankfurt, o conjunto já tem uma performance do projeto programada para Berlim, em março, dentro da programação do tradicional festival de música Maerz Muzik, e dentro de uma pequena turnê brasileira, passando por São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador, em Julho de 2017.

Paulo Rios Filho, professor do curso de Linguagens e Códigos, habilitação em Música, da UFMA, no campus de São Bernardo, trabalhou durante cinco meses na pesquisa e criação da sua obra Volvere, que versa sobre o universo criativo e filosófico de Smetak, sobretudo a partir da leitura de seu livro O Retorno ao futuro (ao Espírito), e através da exploração da ideia de uma certa transgressão do progresso, o retorno ao invés da evolução, mas uma involução criadora, um retorno à pura capacidade criativa.

Desde 2013, Paulo Rios, que é professor de música do campus de São Bernardo, vem tendo suas obras apresentadas em diversos Estados brasileiros, além de países como Holanda, Portugal, Argentina, Rússia, Venezuela, Alemanha e Estados Unidos.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.