Vítima de transfobia

Escultura de maranhense ocupa praça de NY em homenagem a travesti assassinada

Homenageada, travesti cearense Dandara dos Santos foi morta após espancamento e tiros em Fortaleza, em 2017.
Igor Linhares/Na Mira 28/12/2019 às 10h11
Em formato de asas de borboleta, a escultura idealizada pelo artista visual maranhense Robierb representa, ainda, a perseverança que as pessoas devem ter sobre seus sonhos. / Foto: Reprodução/Instagram.

Uma escultura em homenagem a travesti cearense Dandara dos Santos, assinada em 2017, em Fortaleza, é a mais nova composição de uma praça pública em Tribeca, no sul da ilha de Manhattan, em Nova York, nos Estados Unidos. Autor da obra, maranhense Rubem Robierb diz que sua intenção foi representar a ideia de tolerância.

READ this caption👇and you will understand the real spirit of Christmas !! Thank you for the inspiration Kemba ! #Repost @kembabuchanan with @get_repost ・・・ Every day I’m evolving, becoming more patient with myself and the qualities which make us all “human beings”. As I recollect the phases I’ve gone through this past decade, I can’t help and think about the beauty of a butterfly- their metamorphosis and our similarities. 🦋 @rubemrobierbart created this sculpture to raise awareness and bring light to the courageous- the dreamers who make the impossible come to life. Thank you, Rubem🦋 • • • • #butterfly #nyc #art #dream #alive #lgbtq #awareness #love #sacrifice #dandara #patience #change #evolution #respect #beyourself #grace #goals #metamorphosis #2020

Uma publicação compartilhada por Rubem Robierb (@rubemrobierbart) em

A obra, que deve ficar em Nova York até maio de 2020, e, posteriormente, ser instalada em Miami, na Flórida, a pedido da prefeitura da cidade, homenageia a vítima de um dos crimes mais bárbaros de transfobia registrado no Brasil.

Dandara foi apedrejada e morta a tiros no Ceará. / Foto: TV Globo.

Em formato de asas de borboleta, a escultura idealizada pelo artista visual maranhense Robierb representa, ainda, a perseverança que as pessoas devem ter sobre seus sonhos.

Today you would have been 45 yrs old! Few people in the world possess the power of awakening empathy where ever they go. Today, I understand you are one of them. I thought I was correcting an injustice by giving your name to this sculpture, but you gave a purpose bigger than art itself. Your spirit awakens empathy in every person who walks by. You touch so many lives in so many ways, from @vitoria.holanda.7 that grew-up with you, helped put your killers in jail and wrote a book about you, to me who live far away and never met you. We are making sure you will never be forgotten. Happy birthday Dandara!!! - - #DreamsAreForAll #DreamMachineArt #Dandara #DandaraDosSantos #Brazil #transwomen #transwoman #trans #TransLivesMatter #SocialArt #PublicArt #PublicSculpture #JusticeForAll #humanrights #equality #homophobia #hatecrime #mulhertrans #pessoatrans #Nyc #Tribeca #TribecaPark #NycParks #taglialatellagalleries #mastercard #glaad

Uma publicação compartilhada por Rubem Robierb (@rubemrobierbart) em

Rubem Robierb é um artista visual jovem, de 43 anos, natural do município de Bacabal, distante cerca de 200 quilômetros de São Luís, no Maranhão. Seu meio e estilo estão ligados ao movimento Pop-Art, sempre no intuito de transmitir significados ocultos em suas obras. Ele, inclusive, já recebeu menções honrosas no Internacional Photography Awards, uma das principais premiações a fotógrafos do mundo. Atualmente, suas obras são exibidas em diversos países.

Em entrevista à GloboNews, nesta sexta-feira (27), o artista visual disse que a família agradeceu a obra e que, de alguma maneira, realizou o desejo de Dandara, de um dia ser famosa. A travesti foi morta aos 42 anos, no dia 16 de fevereiro de 2017, na capital cearense, quando foi agredida a socos, chutes e pedradas, além de ter sido alvejada com tiros. Toda violência foi filmada e compartilhada nas redes sociais.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.