Polêmica

Taylor Swift é processada por ex-radialista acusado de assédio

David Muller foi acusado de tocar inapropriadamente no bumbum da cantora, há dois anos.
Na Mira 14/09/2015 às 14h30

David Muller, ex-apresentador de rádio nos Estados Unidos, está processando a cantora Taylor Swift. Ele alega na ação que foi demitido após de ser acusado de tocar inapropriadamente no bumbum da cantora, há dois anos.

Uma publicação americana relata que ele processou Taylor sobre um incidente ocorrido em 2 de junho de 2013. Na época, David e a namorada conheceram a cantora durante um show e tiraram uma foto com ela. Logo em seguida, um dos seguranças dela abordou o casal e disse que o radialista supostamente agarrou o bumbum dela durante a foto, e expulsou os dois do show. Dois dias depois, ele foi demitido e o motivo teria sido o suposto assédio.

No processo ele alega que nunca tocou na artista, e que ao longo dos seus anos de carreira conheceu vários artistas e que nunca passou por uma situação como essa. Ele disse, ainda, que perdeu o trabalho e outras oportunidades injustamente pelas falsas acusações.

Segundo informações de um site local, o agente de Taylor disse que o chefe de David Mueller recebeu provas após o ocorrido e fez a sua própria decisão sobre o emprego do ex-apresentador.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.