Atrás das Câmeras

"A alegria tem sido uma nova descoberta", conta Brad Pitt sobre depressão

O ator de hollywood fala como foi viver durante anos com uma depressão leve.

Na Mira com informações

Ator Brad Pitt.
Ator Brad Pitt. (Foto: Reprodução)

MUNDO - O ator Brad Pitt, 58 anos, um dos maiores galãs de Hollywood, falou sobre um lado de personalidade que é pouco conhecido pelo público. O ator, em entrevista à revista GQ Brasil, conta sobre a leve depressão que enfrentou por alguns anos e que está, aos poucos, reencontrando sua alegria.

"Acho que passei anos com uma depressão leve, e não foi até fazer as pazes com isso, tentando aceitar todas as partes do meu eu — o belo e o feio —, que consegui entender os momentos de alegria", disse Brad.

“Acho que a alegria tem sido uma nova descoberta, mais tarde na vida. Eu estava sempre me movendo com as correntezas, boiando em uma direção, depois em outra”, contou o galã de Hollywood.

O ator comentou sobre o quão era incomodado por pesadelos recorrentes e que continua buscando um significado pela vida. “Aqui na Califórnia, tem muito dessa conversa de ‘ser seu eu autêntico’. Isso me atormentava; o que ‘autêntico’ quer dizer? Para mim era reconhecer aquelas cicatrizes profundas que carregamos.”

Brad ainda abriu o jogo sobre os seus vícios. Durante o período pandêmico ele parou de fumar. Após o seu divórcio com Angelina Jolie largou o álcool e começou a frequentar os Alcoólicos Anônimos no ano de 2016. O ator acredita que pode sofrer de uma doença incomum, a prosopagnosia.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.