Enganado por 15 anos

''Fizemos sexo por telefone durante anos'', afirma jogador italiano vítima de falsa namorada que se passava por modelo brasileira

Enganado por 15 anos, atleta perdeu 700 mil euros.

Na Mira

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h58
Após a história vir à tona, Roberto Cazzaninga foi até a casa da mulher que o enganou.
Após a história vir à tona, Roberto Cazzaninga foi até a casa da mulher que o enganou. (Foto: Reprodução / Instagram )

MUNDO – A história do golpe sofrido pelo atleta de vôlei italiano, Roberto Cazzaniga, ganha mais desdobramentos. Após relatos ao jornal Casteddu Online, o jogador afirmou que mantinha relações sexuais virtuais com a suposta modelo Alessandra Ambrósio. “Fizemos sexo por telefone durante anos”. O caso veio à tona na semana passada. Cazzaninga foi enganado por 15 anos. Ao longo desse período, o jogador perdeu 700 mil euros.

Leia também:

Golpe: atleta italiano passou 15 anos achando que namorava modelo Alessandra Ambrósio e perde 700 mil euros

O atleta de vôlei foi enganado por 15 anos, acreditando que namorava a modelo brasileira Alessandra Ambrósio. “Eu sempre a chamei de amor, nunca ela. Eu tive que insistir e lembrá-la de dizer isso. Ela disse que precisava se conectar a máquinas porque sofria de dores no coração", explicou o jogador ao portal.

Após a história vir à tona, Roberto Cazzaninga foi até a casa da mulher que o enganou. Ele afirmou que chegando ao local, acompanhado do jornalista que divulgou a matéria, Valeria Satta não atendeu o interfone. O jogador deixou um bilhete. “Vou esperar você à beira-mar nos fundos da sua casa, para encerrar o assunto para sempre”, escreveu Cazzaninga.

O caso segue em investigação pelo Ministério Público de Monza, localizado na região da Lombardia, após a denúncia feita pelo jogador de vôlei. O golpe sofrido por Cazzaninga é chamado de ‘catfishing’, quando uma pessoa tenta se passar por outra.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.