Programação virtual

Feira da música começa nesta quinta-feira (5); Maranhão integra programação

Evento terá transmissões de shows e mostra de clipes.
Na Mira, com informações da assessoria04/11/2020 às 09h07
Feira da música começa nesta quinta-feira (5); Maranhão integra programaçãoEnme Paixão representará o Maranhão na programação da 18ª Feira da Música. (Foto: Divulgação)

BRASIL - Seguindo com sua trajetória no fomento da cultura, mercado, formação e entretenimento musical, a 18ª edição da Feira da Música começa nesta quinta-feira (5) e vai até dia dia 8 de novembro, em uma versão totalmente digital e gamificada, dialogando com acessibilidade e multiculturalidade conectando convidados locais, nacionais e internacionais em uma plataforma pioneira e colaborativa.

A programação conta com transmissões de shows ao vivo, mostra de videoclipes, zona de propulsão, rodas de negócios, oficinas, painéis e feira de expositores, a Feira da Música ocorrerá na plataforma OASI, um ambiente virtual e gamificado, onde o público escolhe seu avatar e passeia pelos cenários do evento que reúne mais de 190 videoclipes, mais 30 shows, 40 oficinas e bate-papos, 60 horas de conteúdo formativo e 70 convidados locais, nacionais e internacionais.

Veja a programação completa aqui.

A plataforma está prevista para ser lançada no dia de estréia da Feira (5 de novembro) e os ingressos para participar do encontro podem ser adquiridos gratuitamente. Durante os quatro dias, a OASI irá concentrar toda sua programação de atrações de cinco Estados brasileiros, além de atrações internacionais, trazendo artistas tanto da capital quanto do interior do Ceará (Sobral, Tianguá, Cariri), Maranhão, Paraíba, Bahia e Pernambuco.

ESTAMOS CHEGANDO! Confere agora o úlitmo grupo dos artistas selecionados para a nossa Transmissão Ao Vivo. 🤩⚡ . ✔Babi Jaques e Lassere - PE Com trabalhos além da música, Babi Jaques e Lasserre são também artistas da imagem. Naturalmente, seu trabalho musical converge música com cinema, fotografia e outras linguagens. O casal coleciona 18 premiações com suas músicas pelo país. . ✔Pássaro Vivo - MG A Pássaro Vivo vem da necessidade de dar continuidade à exploração da música regional popular e psicodelismo brasileiro, incorporada a ritmos do cerrado mineiro ao gingado da música nortenha Brasileira e a irreverência do rock psicodélico dos anos 60 e 70. . ✔Giovani Cidreira - BA Na live o cantor apresenta de casa músicas dos seus trabalhos mais recentes, “Estreite”. Com repertório autoral em sua totalidade, resulta em um show com 14 músicas e duração de 75 minutos. . ✔Enme - MA Cantora, compositora e rapper que traz os ritmos e tambores nordestinos na sua sonoridade. Iniciou sua carreira em 2014 e, desde então, atuou como produtora cultural, dj, performer, dragqueen e rapper. ⠀ ⠀ 🚨 Atenção - Todas as transmissão serão via nossa nova plataforma a @oasi.vc, não esqueça de garantir seu ingresso primeiro no sympla. Link na bio. . #ParaTodosVerem: São quatro imagens de divulgação, todas são com fundo azul, na parte superior tem a logo da Feira na cor branca e o texto no topo: TRANSMISSÕES AO VIVO e um ícone em formato de violão com um nome LIVE no meio dele. Na barra inferior temos diversas logos que entram como apoios culturais e realização. Na primeira imagem temos BABI JAQUES E LASSERE (PE), que se apresenta dia 06 de Novembro no palco Mestra Margarida Guerreiro às 23h. Na segunda trata-se PÁSSARO VIVO (MG), que se apresenta no palco Cego Oliveira, dia 07 de novembro às 21h.Na terceira temos GIOVANI CIDREIRA (BA,que se apresenta no palco Mestra Margarida Guerreiro às 00h30. Na última imagem temos EMME, que se apresenta no palco Patativa do Assaré às 01h00.

Uma publicação compartilhada por Feira da Música 2020 (@feiradamusicace) em

Os palcos virtuais que receberão estas atrações homenageiam Cego Oliveira, Patativa do Assaré e Mestra Margarida Guerreiro, figuras da tradição e cultura popular. Para realizar as transmissões com gente de todo o Brasil, a Feira usou da sua rede com 13 parceiros estratégicos:

● Porto Dragão, em Fortaleza e Vila da Música, no Cariri, equipamentos da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará; Centro Cultural Belchior, Instituto Iracema e Prefeitura, de Fortaleza;

● Estudio Labsônica, no Rio de Janeiro

● Festival BR135, no Maranhão

● Toroh Musica & Cultura e Centro Cultural Espaço Mundo, na Paraíba

● Festival Morrostock, no Rio Grande do Sul

● Casarão Floresta Sonora, no Pará

● Som.Vc, Nave Coletiva, Mídia Ninja e Fora do Eixo em São Paulo E para ações internacionais, Agitando Cultura, na Argentina; Comuna Rodante, no Equador; Valsa em Portugal; La Sala, na Espanha e ARTiKUL CJ, em Cabo Verde.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.