Ser mãe após aos 40

Ser mãe após aos 40: um cenário que vem aumentando e seus benefícios

A médica Rejane Pessoa conta de sua experiência de ser mãe após os 40
Adriano Soares / Imirante.com13/05/2018 às 08h10
Ser mãe após aos 40: um cenário que vem aumentando e seus benefícios

SÃO LUÍS – Ser mãe é a concretização de um sonho para várias mulheres. Algumas possuem uma facilidade muito grande e engravidam muito cedo. Outras já não fazem parte dessa parcela de mulheres e passam um bom tempo para conseguirem gerar um filho.

Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra um aumento no número de nascimentos de bebês vindo de mulheres entre 39 e 40 anos. Um ponto positivo, apresentando nessa mesma pesquisa, é que as mulheres que se tornam mãe tardiamente tendem a viver por mais tempo.

A médica do trabalho e neointensicista, Rejane Oliveira, de 40 anos, passou por essa experiência. Rejane conta que a gravidez não foi planejada, entretanto, o sentimento é o mais puro e incondicional. “É um amor que doa. Amor que cuida. Amor que ama. Simples assim. Escolhida por Deus”, afirma a médica.

Rejane Pessoa conta que sabia dos perigos de uma gravidez tardia, tanto que a sua foi considerada de risco. “Não atendemos pela idade, até mesmo pelos riscos após os 35. Mas essa minha gestação está sendo marcada pelo amor e gratidão”, afirma a futura mamãe. “Passei por algumas alterações, mas tufo foi controlado com um excelente acompanhamento obstétrico, nutricionista, endocrinologista e com a realização de atividades físicas”, explica.

Dados de uma outra pesquisa, a Estatística do Registro Civil 2015, também mostra que o número de mulheres brasileira que estão sendo mães tardiamente têm aumentado bastante. Segundo os dados, no Brasil, de 2005 até 2015, houve um aumento de mães, entre 30 e 39 anos, engravidando, de 22,5 % em 2005, para 30,8%, em 2015.

A médica Rejane Pessoa conta da expectativa que é para toda a família a chegada de uma criança. “Toda gravidez, após os 35 anos, é considerada de risco, e todas as mães e demais familiares aguardam uma gestação perfeita, sem risco. O meu desejo neste Dia das Mães é que Deus possa abençoar a todas com o melhor. Pois para Deus nada é impossível”, declara Rejane Pessoa.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.