Expoimp

Cavaleiros confraternizam com café da manhã para cavalgada

Oferecido há 22 anos, o café da manhã acabou virando um momento tradicional.
Imirante Imperatriz 07/07/2018 às 12h28
Cavaleiros confraternizam com café da manhã para cavalgadaO café reuniu não só os funcionários, mas também amigos e parceiros de negócio. (Foto: divulgação)

IMPERATRIZ – Como é de praxe, há 22 anos, o pecuarista Gladstone Pimenta reúne os funcionários de sua fazenda e oferece um reforçado café da manhã, para aquecer antes da tradicional cavalgada que abre a Exposição Agropecuária de Imperatriz (Expoimp). Este ano não foi diferente.

Leia também: Cavalgada mantém tradição e abre oficialmente a programação da 50ª Expoimp

Com um banquete reforçado, incluindo além de várias guloseimas, galinha caipira e a tradicional panelada, o café reuniu não só os funcionários, mas também amigos e parceiros de negócio. “Já se passaram 22 anos, dando aos meus funcionários, meus vaqueiros, essa festa que é deles. Além dos funcionários, sempre participam pecuaristas e amigos”, ressalta Gladstone Pimenta, que é mais conhecido como Gaton, lembrando que a confraternização acabou virando uma festa que marca a cidade em período de Expoimp.

A ideia surgiu com a finalidade de reunir não só os funcionários da fazenda no município de Imperatriz, mas das fazendas que ficam na Bahia e Minas Gerais. “Isso faz parte da cultura dos proprietários de Minas, que têm o hábito de reunir seus funcionários uma vez por ano para uma confraternização. É uma maneira de sentir de perto o calor dos funcionários”, ressalta Gaton.

O vaqueiro Antônio Barreto veio do município de Itamaraju, na Bahia, e conta que viaja todo ano para participar do “Café do Padim”, como é definida a confraternização. “Essa festa é muito boa! Todo ano eu venho, não falto. A cavalgada de Imperatriz é nacionalmente conhecida, todo mundo conhece, todo mundo fica apaixonado”, ressaltou enquanto forrava o estômago para poder aguentar o pique da 27ª cavalgada.

Os vaqueiros, além de caprichar no traje, capricharam, também, nos arreios dos animais, com tralhas que chamam a atenção. E, claro, na comitiva não pode faltar o berrante, elemento que dá o tom da festa, animando a vaqueirama. Ao todo, cerca de 100 funcionários, do Maranhão, Minas Gerais e Bahia, montaram a comitiva da fazenda Monte Cristo, de propriedade do pecuarista Gladstone Pimenta.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.