Lotação

Filme debate sobre a existência de Deus e atrai público ao cinema

Em apenas uma sessão, o cinema teve lotação máxima.
Imirante Imperatriz com informações da asssoria02/09/2014 às 13h02

IMPERATRIZ - A parceria entre um shopping, um cinema e uma igreja, proporcionou uma manhã de reflexão para mais de 900 jovens evangélicos de Imperatriz, que lotaram as cinco salas de um cinema, em uma única sessão.

O filme Deus não está morto, dirigido por Harold Cronk, aborda os desafios enfrentados por um jovem ao ter sua fé confrontada nas aulas de filosofia da universidade.

Para o advogado e pastor, Ricardo Massay Damasceno, essa é uma oportunidade das pessoas entenderem melhor a fé que elas vivem. “Depois de assistir ao filme, eu vi que ele fortalece muito aquilo que nós cremos. É um filme bíblico, e mais do que isso, é uma forma que o jovem entende. É uma maneira de passar uma mensagem que desperta o que ele vê, ouve e sente”, explica.

Durante 113 minutos, o drama envolve situações de conflitos sobre a fé e quem já passou por situações parecidas como as do personagem da ficção, explica que é importante trazer essa discussão. Kananda Batista, estudante, disse que já teve sua fé em Deus colocada em questão várias vezes. “Me senti assustada, mas respeito, por que cada pessoa segue o que acredita (ou não), eu sigo a Jesus”, disse.

O filme Deus não está morto foi produzido nos EUA, e entrou em cartaz em agosto em mais de 55 salas de cinema de todo o Brasil.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.