Dificuldades do passado

Mãe de Gil do Vigor revela que se prostituiu para sustentar a família

"Me vendi para criar meus filhos", disse Jacira no livro Tem que Vigorar.
Na Mira13/06/2021 às 16h47
Mãe de Gil do Vigor revela que se prostituiu para sustentar a famíliaMãe de Gil do Vigor revela que se prostituiu para sustentar a família (Reprodução)

O lançamento do livro Tem que Vigorar, do ex-BBB Gilberto Nogueira, revelou novos detalhes sobre a vida do economista. No livro, Jacira Santana, mãe de Gil, revela que precisou se prostituir para criar os filhos.

Jacira conta que passou por dificuldades financeiras após se mudar para São Paulo, fugindo do ex-marido, que a violentava. O pai de Gil, na época, teria dito que só ajudaria a ex-mulher em troca de sexo, mas ela não aceitou.

“Meu pai bebia muito e tinha problema com drogas, se envolveu até com aquelas mais pesadas, como o crack, e fazia de nosso dia a dia um grande filme de terror”, diz Gilberto no livro. Apesar disso, as coisas pioraram e Jacira precisou aceitar uma proposta de outra pessoa.

"Um homem me ofereceu dinheiro para eu poder comprar comida para as crianças se eu saísse com ele. E eu fiz isso. [...] Chegar a esse ponto é extremamente difícil para uma mulher. Mas não tenho vergonha: meus filhos valem mais do que eu", contou ela no livro.

Por fim, Jacira defende as pessoas que precisam se prostituir para sobreviver. "Eu tive que me deitar com um homem para trazer comida para casa. Me vendi para criar meus filhos. E isso não me torna menor do que ninguém", explica.

Em um trecho do livro, Gil revela que a educação foi o ponto de virada na vida dele: "Não queria, de jeito nenhum, estar em casa com a possibilidade de presenciar mais algum barraco ou de passar fome. A escola era uma zona segura. A educação salvou a minha vida". pontuou.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.