No Jogo da discórdia

Em desabafo João Luiz chora ao falar do comentário racista de Rodolffo

Camilla de Lucas chamou atenção do sertanejo.
Na Mira06/04/2021 às 08h55
Em desabafo João Luiz chora ao falar do comentário racista de RodolffoProfessor chorou ao falar do comentário ofensivo do seu cabelo. (Foto: Reprodução / TV Globo )

BRASIL – Clima ficou tenso na noite dessa segunda-feira (6), durante o jogo da discórdia no Big Brother Brasil 21. João Luiz desabafou e chorou em seguida, ao falar do comentário racista de Rodollfo, em que o sertanejo comparou o seu cabelo crespo a uma peruca de homem das cavernas.

Leia também:

Caio, Gilberto e Rodolffo estão no Paredão; quem deve sair?

Rafa Kalimann sobre Rodolffo no paredão: "Não tenho nada a ver"

Durante a dinâmica o apresentador Tiago Leifert pediu para os brothers apontarem o pior e melhor jogador e o adversário. Na vez do professor de geografia, ele por sua vez, resolveu falar do comportamento do cantor, da situação de constrangimento que vivenciou sobre o comentário ofensivo do seu cabelo. “No sábado aconteceu uma situação lá no quarto cordel. O Rodolffo chegou a fazer uma piada, comparando a peruca do mostro da pré-história com o meu cabelo. Tocou num ponto muito específico, porque o jogo pode ser, sim, de coisas que a gente vive aqui dentro, mas também tem que ser um jogo de respeito", disse.

O cantor sertanejo rebateu o comentário de João Luiz: “Se todo mundo observou como era a peruca do monstro, acredito eu que era um pouco semelhante”. Mas o professor se emocionou ao falar que ficou calado diante do comentário de Rodolffo e que aquilo o machucou muito. “Naquela hora eu me calei. Mas você não sabe o quanto que aquilo me machucou. Não adianta vir com desculpas! Estou cansado. Não estou em um desenho animado! Tem osso no meu cabelo?”, disparou.

Repercussão

Camilla de Lucas, que é amiga e aliada de João Luiz, chamou atenção do sertanejo, alegando que o cantor tem conhecimento e acesso à informação. “A gente tá em 2021, Rodolffo. Você é uma pessoa jovem , você é uma pessoa que tem acesso à internet, você tem acesso ao conhecimento (…). Eu vou deixar uma dica aqui: pesquisem. Porque estamos cansados de toda vez termos que explicar sobre o nosso tom de pele, sobre o nosso cabelo. Eu entendo que não foi por mal, mas a gente também tá cansado do nosso lado e ter que ouvir que não é sua intenção”, comentou.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.