Em clipe

Jovens rappers levantam os punhos contra o racismo

P.A. & P.H. acabaram de ser homenageados na Câmera Municipal de Curitiba e chamaram atenção de um dos maiores produtores de Hollywood com o audiovisual.
Na Mira, com informações da Assessoria20/11/2020 às 16h23
Jovens rappers levantam os punhos contra o racismo"Levante os Punhos" é lançada da semana da Consciência Negra. (Foto: Divulgação)

CURITIBA - "P.A & P.H – Twins of Rap", são Pedro Alexandre e Pedro Henrique, os Gêmeos do RAP. Os irmãos nasceram em Curitiba, Paraná, e estão se destacando na cena internacional. A dupla começou sua carreira cedo, em 1996, quando tinham apenas 6 anos, e chamaram a atenção de Eduard Irimia, fundador e CEO do Superkombat Fighting Championship e produtor do Superfilm e da Dream Makers, de Hollywood. Inclusive, Eduard é o promotor que descobriu e impulsionou Florian Munteanu para o elenco do filme Creed II, tornando-o o ator principal no papel de Viktor Drago. Além disso a marca Superkombat fez parte do ringue final do filme com Sylvester Stallone.

A partir daí, P.A & P.H foram convidados a visitar a Europa e Hollywood, juntamente com a Beyond Skills e com a Dream Makers, além de serem entrevistados pela BFTV, uma das principais webtvs brasileiras do continente europeu. Os Gêmeos também já dividiram palco com os rappers norte americanos Ja Rule e Soulja Boy.

Agora, na semana da Consciência Negra de 2020, os gêmeos anunciam seu lançamento, "Levante os Punhos", single acompanhado por vídeo clipe, que integra o primeiro álbum oficial da dupla. O som dedicado a ancestralidade, é um verdadeiro protesto contra a violência policial, já o refrão dos backing vocals Bruno Sann e Thamyres Borges levam fé e esperança a quem sofre com o racismo todos os dias.

"A Levante os Punhos é a voz dos que se foram, é o grito da nossa alma, o hino do nosso povo. Meu avô foi arrancado dos braços de sua mãe com cinco anos de idade para ser escravo, somos a segunda geração pós escravidão", reflete a dupla.

A batida fica por conta de Rafa Ink, beatmaker que foi apresentado aos Gêmeos através de um amigo em comum, Fernando Coan. Influenciados por Racionais MC’s, Notorious Big, 2Pac, Jadakiss e JayMax, os irmão introduzem a música com uma voz sendo entoada a capella que clama pela vida. Já o clipe de Fernando Monteiro (Bestside) traz o trecho de uma reportagem por Maju Coutinho sobre a morte do jovem negro, João Pedro, brutalmente assassinado por policiais, introduzindo as rimas muito bem construídas dos rappers.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.