Ação Judicial

Justiça penhora R$ 390 mil em direitos autorais de Paulo Ricardo

O cantor sofreu a derrota judicial para o tecladista João Eugenio Marques.
Imirante.com05/08/2020 às 17h51
Justiça penhora R$ 390 mil em direitos autorais de Paulo RicardoA ação judicial começou em 2010 e três anos após o início do processo, o juiz Renato Sabino Filho, da 6ª Vara do Trabalho, concluiu que a relação profissional tinha vínculo trabalhista. (Foto: divulgação)

BRASIL - O cantor Paulo Ricardo foi punido pela Justiça do Trabalho e terá R$ 390 mil penhorados em direitos autorais para o pagamento de um processo movido pelo tecladista João Eugenio Marques, que processou a empresa de Paulo, a PRMusic, reivindicando os serviços prestados e que eles fossem reconhecidos de acordo com o regime CLT.

A ação judicial começou em 2010 e três anos após o início do processo, o juiz Renato Sabino Filho, da 6ª Vara do Trabalho, concluiu que a relação profissional tinha vínculo trabalhista. Após alguns anos brigando na justiça e recorrendo diversas vezes, Paulo Ricardo sofreu derrota judicial e como não houve acerto entre as partes, a multa que foi estipulada em R$ 50 mil no ano de 2013, teve que receber juros e correções, subindo assim para R$ 390 mil.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.