"A Braba"

Foto de Ludmilla é estampa em malote de maconha no Rio de Janeiro

De acordo com a assessoria de imprensa da cantora, a artista repudia a veiculação de sua imagem ao uso e comercialização de entorpecentes.
Na Mira14/01/2020 às 13h39

RIO DE JANEIRO - Nessa segunda-feira (13), a colunista do Jornal O Dia, Fábia Oliveira, recebeu a foto de um malote de maconha com a foto de Ludmilla no clipe de "Verdinha" na embalagem. Veja abaixo.

(Foto: Fábia Oliveira / colunista Jornal O Dia)

De acordo com a colunista, a droga, descrita como "A Braba", vem sendo comercializada por traficantes na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, e custa R$ 35,00.

Em dezembro de 2019, Ludmilla foi acusada pelo deputado Cabo Junior Amaral (PSL-MG) por fazer apologia às drogas com a música "Verdinha". A artista respondeu em sua defesa que a canção fala de alface.

Ludmilla. (Foto: Divulgação)

A assessoria de imprensa de Ludmilla enviou uma nota à coluna esclarecendo que a cantora tem sido alvo de uso indevido de sua imagem e que não poupará esforços para adotar todas as medidas cíveis e criminais para repelir e responsabilizar os autores das veiculações.

Leia a nota na íntegra:

"A cantora Ludmilla, através de sua assessoria jurídica, representada pelo advogado José Estevam Macedo Lima, vem a público externar veemente repúdio a veiculação da imagem da cantora ao uso e comercialização de entorpecentes.
Com efeito, a cantora tem sido alvo de uso indevido de sua imagem que constitui flagrante violação aos seus direitos da personalidade, que lhe são assegurados pelo Código Civil Brasileiro.
Por fim, a cantora esclarece que não poupará esforços para adotar todas as medidas cíveis e criminais que se fizerem necessárias, de modo a repelir e responsabilizar os autores das veiculações do conteúdo a seu respeito."

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.