Dia da Consciência Negra

Milton Gonçalves: "Ficaria alegre se tivéssemos um presidente negro"

Ator, militante do movimento negro, diz que sente falta dessa representatividade no governo do país.
Na Mira20/11/2019 às 15h28
Milton Gonçalves: "Ficaria alegre se tivéssemos um presidente negro"Milton Gonçalves. (Foto: Estevam Avellar / Globo)

BRASIL - Milton Gonçalves, que é militante do movimento negro, diz que sente falta dessa representatividade no governo do país e lamenta não ter mais representantes no país em que mais de 50% é de negros e pardos. O ator, de 85 anos, tentou a carreira política em 1994, quando candidatou-se a governador do estado do Rio de Janeiro. As informações são do Portal UOL.

"O que me falta neste momento no meu Brasil, o que me deixaria alegre é que nós tivéssemos um presidente negro, porque nós somos um percentual grande neste país. No dia que nós tivermos um presidente negro, aí eu vou dizer: nós batalhamos", expressa.

Sem medo, Milton Gonçalves afirma que não é racista e destaca a importância do momento em que os Estados Unidos tiveram com Barack Obama como presidente

"Os Estados Unidos teve um presidente negro e nós não temos? Para mim, isso me incomoda. Não interessa se vão ficar zangados, se vão dizer que sou racista. Quero é que nosso povo brasileiro, que é de índios, negros, orientais, estejamos todos juntos", explica o ator, que já teve a oportunidade de um encontro com Obama durante uma visita ao país.

Milton Gonçalves como Papai Noel

O ator teve a oportunidade de viver o Papai Noel por um dia. Milton está no elenco do especial de Natal, que vai ao ar no dia 25 de dezembro, chamado "Glovo Juntos a Magia Acontece".

Milton Gonçalves interpretará Orlando, patriarcada da família Santos, que acabá deprimido após ficar viúdo. "Acho maravilhoso. Estar aqui hoje e fazer esse personagem me emociona, É uma batalha de muitos anos, de séculos. A gente tem que eliminar o medo, que batalhar. Vou fazer o melhor Papai Noel que eu puder. Se ele fosse oriental também estaria do lado dele, se fosse índio, também. Como sou eu, melhor pra mim, né?", comemora.

,

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.