Nordeste em peso

Candidatos nordestinos dominam estreia do The Voice Brasil 2018

Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba e Pernambuco foram representados na noite de audição.
Anne Cascaes / Na Mira 18/07/2018 às 09h21
Candidatos nordestinos dominam estreia do The Voice Brasil 2018

BRASIL – A estreia do The Voice Brasil 2018 levou para o palco personalidades, trejeitos, histórias e timbres diferentes, mas todos com uma característica em comum: o regionalismo nordestino!

Com um candidato de Alagoas, dois da Bahia, dois do Ceará, um da Paraíba e três de Pernambuco, a primeira noite de audição às cegas mostrou nove talentos nordestinos que agradaram e encheram de graça os ouvidos dos técnicos do programa.

Relembre: Ludovicense Sara Meireles conquista Michel Teló em audição no The Voice Brasil

Conheça os candidatos:

Julia Dantas (Ceará)

Sendo a primeira a se apresentar, a tenente da Polícia Militar do Ceará invadiu o palco com toda a sua garra e conquistou técnicos e público ao cantar “Começaria Tudo Outra Vez”. Com todas as cadeiras viradas, Júlia optou pelo time Ivete.

Daniel Lopes (Ceará)

O cearense que já foi sucesso na Alemanha, hoje tem o objetivo de recomeçar sua carreira musical no Brasil. E começou muito bem! Cantando “Girls Like You”, Daniel escolheu o time Lulu Santos. “Estava imaginando ele o tempo todinho”, assumiu o candidato.

Erika Natuza (Pernambuco)

Com um potencial eclético, a pernambucana escolheu para a audição às cegas o hit empoderado da cantora Iza, Pesadão, e contagiou a todos que prestigiaram a sua performance. Por fim, ela se decidiu pelo time de Carlinhos Brown e foi muito elogiada por todos os outros técnicos.

Kevin Ndjana (Paraíba)

Um dos momentos mais eletrizantes do programa aconteceu quando o paraibano que, na verdade, possui dupla nacionalidade por seus pais serem naturais de Camarões, subiu ao palco e fez uma performance com muita dança, movimento e força na voz ao som de “Uptown Funk”. Após uma série de aplausos e a disputa dos técnicos pela sua voz, Kevin escolheu Ivete Sangalo como técnica.

Samara Souto (Alagoas)

Tendo a carreira de cantora iniciada com apenas 15 anos de idade, Samara chegou ao programa e logo nos primeiros momentos de apresentação conquistou o técnico Michel Teló. Cantando a música “No Dia do Seu Casamento”, a candidata mostrou para o que veio e segue ao lado de Teló buscando um bom desempenho no programa.

Thay Silva (Pernambuco)

E a caçula da noite foi Thay Silva, com apenas 16 anos, que encarou o desafio de representar seu Estado e fez isso com muito firmeza. Apesar das cadeiras não virarem, os técnicos reconheceram a potência da voz de Thay e a incentivaram a desbravar a trilha musical.

Cristiane Santos (Bahia)

Muito emocionada no palco, Cristiane cantou a faixa “À Primeira Vista” e levou os técnicos e a plateia a uma atmosfera de certeza a romantismo. Cristiane também foi alvo de inúmeros elogios e decidiu ficar no time Brown.

Jacira Maria Flor (Bahia)

Em busca do sonho de se profissionalizar no ramo musical, Jacira cantou com muita graça e molejo a canção “Alguém Me Avisou” e fez uma apresentação muito agradável no palco. As cadeiras não viraram para a baiana mas, mesmo assim, ela foi bastante incentivada pelos jurados. "Isso aqui é o começo de tudo", disse Ivete.

Ally (Pernambuco)

E por fim, mais uma pernambucana teve sua chance no The Voice e levou para os técnicos a canção “Dark House” que fez com que Teló virasse a cadeira para ela. A jovem de 17 anos já havia participado do The Voice Kids em 2016 e sua persistência deu a ela a chance de lutar mais uma vez pelo sonho de chegar à final.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.