Para maratonar!

Veja 10 dicas de filmes LGBTQ+ para assistir na Netflix

O Dia Internacional do Orgulho LGBTQ+ é comemorado nesta quinta-feira (28).
Na Mira28/06/2018 às 10h16
Veja 10 dicas de filmes LGBTQ+ para assistir na Netflix

BRASIL - Para comemorar o Dia Internacional do Orgulho LGBTQ+, celebrado neste dia 28 de junho e, aproveitando ainda que é véspera de feriado, o Na Mira listou alguns filmes com essa temática para você se deliciar e maratonar na Netlfix!

São filmes que tratam de amor, histórias emocionantes e, ainda, documentários, dramas e situações que podem que proporcionar momentos de reflexão e lições de vidas!

Veja as indicações:

O Jogo da Imitação
Em 1939, a recém-criada agência de inteligência britânica MI6 recruta Alan Turing, um aluno da Universidade de Cambridge, para entender códigos nazistas, incluindo o “Enigma”, que criptógrafos acreditavam ser inquebrável. A equipe de Turing, incluindo Joan Clarke, analisa as mensagens de “Enigma”, enquanto ele constrói uma máquina para decifrá-las. Após desvendar as codificações, Turing se torna herói. Porém, em 1952, autoridades revelam sua homossexualidade, e a vida dele vira um pesadelo.

Amor por Direito
Diagnosticada com uma doença terminal, uma policial luta para que sua parceira receba os benefícios de sua pensão após a sua morte, mas as autoridades não querem reconhecer a união homoafetiva.

Boys
Sieger, um garoto tímido de 15 anos, está treinando para o campeonato nacional de revezamento, onde conhece o intrigante e imprevisível Marc. Eles desenvolvem uma amizade que parece ser nada fora do comum, mas Sieger secretamente cultiva sentimentos mais fortes por Marc. Ele inicia uma luta solitária consigo mesmo, quando descobre que Marc também é apaixonado por ele.

A Garota Dinamarquesa
Na Copenhague de 1926, os artistas Einar e Gerda Wegener se casam. Gerda então decide vestir Einar de mulher para pintá-lo. Einar começa a mudar sua aparência, transformando-se em uma mulher, e passa a se chamar de Lili Elbe. Com o apoio, ainda que conturbado, da esposa, um Einar deprimido passa por uma das primeiras cirurgias de mudança de sexo da história para tentar se transformar por completo em Lili e recuperar o gosto pela vida.

Laerte-se
Esse documentário retrata a carreira e todo o percurso de identidade de gênero da cartunista Laerte. Quando começou a fazer sucesso, Laerte ainda não se aceitava ou se assumia publicamente como uma mulher transexual, hoje é um ícone do movimento trans no Brasil, e o documentário original Netflix nos apresenta muito bem sua história.

Veja o trailer aqui.

Holding The Man
Tim e John se apaixonaram ainda adolescentes quando estavam no ensino médio. John era o capitão do time de futebol, e Tim um aspirante a ator fazendo um pequeno papel na peça Romeo e Julieta. 15 anos depois, a vida os pregou algumas duras peças nos dois, passando por separações, discriminação, tentações, ciúmes e as perdas. Até que o destino acabou tomando um caminho inesperado.

Paris Is Burning
Um clássico! O documentário narra a cena suburbana das drag queens na Nova Iorque da década de 1980. As personagens são entrevistadas e acompanhadas em bailes e competições cujos prêmios vão muito além de fama ou reconhecimento.

A Jovem Rainha
Cristina, rainha da Suécia, foi criada como um príncipe. Inspirada pela filosofia, ela enfrenta grande resistência às suas ideias de modernizar o país. Além dos problemas políticos, Cristina ainda precisa lidar com sua atração por uma dama.

Meu Nome é Ray
Ray nasceu mulher, mas nunca se identificou com o gênero e se prepara para fazer a cirurgia de redesignação de gênero. Sua mãe, Maggie, tenta encontrar a melhor forma de lidar com a questão, mas a avó homossexual de Ray, Dolly, recusa-se a aceitar a resolução e cria um conflito familiar.

Flores Raras
Elizabeth Bishop é uma poetisa insegura e tímida, que apenas se sente à vontade ao narrar seus versos para o amigo Robert Lowell. Em busca de algo que a motive, ela resolve partir para o Rio de Janeiro e passar uns dias na casa de uma colega de faculdade, Mary, que vive com a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soare. A princípio Elizabeth e Lota não se dão bem, mas logo se apaixonam uma pela outra.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.