Incentivo

Veja como o inglês pode ajudar crianças com autismo

Incentivar brincadeiras e novas formas de conhecimentos são ações importantes na vida da criança.
Na Mira, com informações da Assessoria03/04/2018 às 11h03
Veja como o inglês pode ajudar crianças com autismo Confira as dicas! (Foto: reprodução)

BRASIL - Estimular a interação social e a comunicação dos filhos com autismo é um desafio para muitos pais e mães. Tudo começa com a aceitação da condição e os motivos da doença. O fato é que não se têm as causas reais do autismo. Há apenas a constatação de influência genética e fatores externos, como o ambiente de criação.

Leia também: Veja 5 dicas de como começar a empreender

Incentivar brincadeiras e novas formas de conhecimentos são ações fáceis de colocar em prática e com retorno esperado, se observados de perto. Os alunos com essa condição podem apresentar dificuldade para falar, ou seja, o sentido mais aguçado deles é a visão.

Logo, o aprendizado pode ser mais fácil com imagens, games, quadrinhos, jogos de tabuleiro, entre outros. Encorajá-los a aprenderem altera a forma de raciocinar da criança autista. Além disso, diminui a ansiedade e pode reduzir os movimentos repetitivos.

Para ajudar neste momento, o psicólogo e gestor educacional Augusto Jimenez lista cinco motivos para a criança autista ter contato com outra língua, aprender inglês e melhorar o seu dia a dia. Confira:

1. Ampliar os vocábulos e as palavras

Instigar as crianças a se comunicarem é uma das tarefas dos docentes e pais. Quando aprendem um novo idioma, ou seja, novas palavras, amplia-se a capacidade de armazenamento no cérebro e pode aumentar as chances de desenvolver a comunicação verbal.

2. Reduzir o risco de depressão

Apesar de o autista ter problema para se relacionar, quando isso acontece de maneira orgânica, sem cobrança, todos os envolvidos só têm a ganhar, tanto a criança quanto as pessoas a sua volta.

3. Aumentar a criatividade

Os autistas geralmente têm uma capacidade de memória acima da média e por serem muito focados conseguem captar o máximo de informações quando se consegue a atenção deles. Logo, conquiste o entusiasmo desse aluno na sala de aula através de tablet, lousa eletrônica e outras formas visuais.

4. Ajudar a criança a se manter no tempo presente

As crianças tendem a ter uma hipersensibilidade nos sentidos. Quando se consegue mantê-los no presente, os 5 sentidos ficam focados na ação e a sensação de satisfação amplia.

5. Melhorar o sistema nervoso

O transtorno afeta o sistema nervoso. Logo, incentivar essas crianças a fazerem outras coisas fora da escola é fundamental como, por exemplo, ler em inglês, aprender cores e numerais, isso pode ser feito através de imagens. Essas dicas e iniciativas reduz esse comprometimento neural dos pequenos, causado pelo autismo.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.