Carnaval 2018

Acadêmicos do Tatuapé é bicampeã do Carnaval de São Paulo

A vice-campeã foi a Mocidade Alegre com um enredo sobre a cantora Alcione.
Imirante.com, com informações da Agência Brasil13/02/2018 às 17h10
A escola apresentou na avenida o enredo Maranhão, os Tambores vão Ecoar na Terra da Encantaria. Foto: Reprodução / Facebook Acadêmicos do Tatuapé

SÃO PAULO - A escola de samba Acadêmicos do Tatuapé foi a grande campeã do carnaval de São Paulo pelo segundo ano seguido. A escola apresentou na avenida o enredo Maranhão, os Tambores vão Ecoar na Terra da Encantaria, que contou a história do estado a partir das particularidades de seu povo, da riqueza cultural e das belezas naturais.

A capital São Luís mereceu tratamento especial, com destaque para a arquitetura singular, que une o casario colonial adornado de azulejos às habitações populares típicas.

Leia também:

Acadêmicos do Tatuapé leva o Maranhão para o Anhembi e já é uma das favoritas ao título

Acadêmicos do Tatuapé divulga letra de samba enredo que homenageia Maranhão

As notas foram lidas nesta tarde no Sambódromo do Anhembi. A vice-campeã foi a Mocidade Alegre com um enredo sobre a cantora Alcione. Celebrando os 70 anos da “Marrom”, o samba-enredo Alcione: a Voz Marrom Que Não Deixa o Samba Morrer cantou a origem maranhense e diversas facetas da artista, como sua ligação com a escola de samba Mangueira, do Rio de Janeiro, além da participação da cantora na luta contra a ditadura.

Prestes a completar 70 anos, Alcione é uma das cantoras mais prestigiadas de todo o país. Foto: Reprodução.

Na última e penúltima colocação, as escolas Unidos do Peruche e Independente Tricolor foram rebaixadas para o Grupo de Acesso.

O desfile das campeãs será na sexta-feira (16).

História

A Acadêmicos do Tatuapé surgiu em 1952, com o nome Unidos da Vila Izabel. Chegou ao terceiro lugar do carnaval em 1969 e 1970, mas em 1986 encerrou as atividades por cinco anos.

Em 1991, a escola iniciou um processo de resgate que incluiu a sucessiva promoção pelos diversos grupos do carnaval até retornar ao Grupo Especial em 2004. Caiu em 2006 e retornou à elite em 2013 para permanecer de vez.

Em 2017, a agremiação havia vencido o carnaval paulistano com o enredo Mãe África Conta a Sua História: do Berço Sagrado da Humanidade à Abençoada Terra do Ouro.

Acompanhe na íntegra a letra do samba enredo:

NO MAR! FOI NO BALANÇO DO MAR

QUE O SONHO APORTOU NA ILHA DA MAGIA

LÁ TEM PALMEIRA ONDE CANTA O SABIÁ

O SOL NAMORA A BELEZA DO LUGAR

CENÁRIO DE POESIA

TANTAS BATALHAS VIVIDAS NESSE TORRÃO

HERANÇA DE LUTA, CULTURA E AMOR

ÔÔÔÔ, O NEGRO TANTO CLAMOU

A LIBERDADE AOS PÉS DO SENHOR

Ô LUAR, Ô LUAR

DEIXA A GIRA GIRAR ... CRIOULA

HOJE TEM CANJERÊ, FEITIÇARIA, Ô

JÊJE- NAGÔ, KAÔ MEU PAI XANGÔ

Ê, TEM CANTORIA! EITA POVO FESTEIRO!

TEU FOLCLORE É TRADIÇÃO

Ê, CHORA VIOLA

PRETA VELHA CONTA HISTÓRIA, LENDAS DESSE CHÃO

Ô, QUEBRA O COCO IÁ IÁ

MATRACAS VÃO EMBALAR

BUMBA-MEU-BOI, MEU CAZUMBÁ

OUVINDO REGGAE DO BOM

É CARNAVAL VEM CURTIR ESSE SOM

É EMOCÃO, O MEU PAVILHÃO VAI GIRAR

NA TERRA DA ENCANTARIA

OS TAMBORES VÃO ECOAR

VIVA SÃO JOSÉ, VENHA ME VALER

ILU AYÊ Ô ILU AYÊ

TATUAPÉ NUMA LINDA PROCISSÃO

CANTA SUA HISTÓRIA...OH! MARANHÃO

Veja o desfile da escola Acadêmicos do Tatuapé:

Galeria de fotos

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.