Evento

Projeto Samba no Terreiro reúne grupos no Centro de São Luís

Apresentações e shows serão realizadas todas as sextas-feiras, a partir das 21h.
Arlan Azevedo / Na Mira05/09/2017 às 10h49

SÃO LUÍS - Aproximar os ludovicenses do samba: esse é o objetivo do Samba no Terreiro. Por meio dele, diversas apresentações e shows serão realizadas todas as sextas-feiras, a partir das 21h, no Espaço Cultural Mestre Amaral, localizado na rua da montanha russa, ao lado do Palácio dos Leões.

Essa é uma novidade para quem gosta dos ritmos como Jongo, Tambor de Crioula, Coco, Maxixe, Samba de Partido Alto, Samba de Angola, Samba Reggae, Samba Enredo, Ijexá, Toques de Mina e Candomblé. Eles serão os protagonistas das festas do local.

Saiba mais

O samba-de-terreiro (também conhecido como samba-de-quadra) é uma sub-gênero do samba, surgido na década de 1930 nos terreiros (atuais quadras) das primeiras escolas de samba do Rio de Janeiro.

Durante a década de 1930, era costume em um desfile de carnaval que uma escola de samba apresentasse o samba-enredo na primeira parte e, na segunda parte, os melhores versadores improvisassem com outros sambas-de-terreiro. Estes sambas ficaram conhecidos assim, porque eles eram produzidos durante todo o ano nos espaços que se tornariam as futuras quadras. Antes de ser cimentado, o chão do terreiro era feito de terra batida.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.