Gravidez

Saiba quais são os sintomas de gravidez mais comuns

Excesso de sono pode ser um dos sintomas que surgem na gravidez.
12/05/2017 às 12h01

A gravidez é um momento da vida sonhado por diversas mulheres, por isso, os sintomas são muito observados entre mulheres com idade reprodutiva e que estão querendo engravidar. Eles podem ser muito semelhantes em si mas, se apresentar de diversas formas em diferentes organismos. Algumas mulheres podem nem apresenta-los de fato ou nem mesmo os perceberem, apenas um pequeno atraso menstrual, mas que já pode ser indicador de que há uma gestação em curso.

Foto: Reprodução/ Google

Desde os tempos das nossas avós, mulheres com tonturas, fome ou sem apetite, até mesmo idas frequentes ao banheiro, podem ser um dos indicativos que ela está gravida. Porém há sintomas que são bastante frequentes em grande parte das mulheres e que podem indicar gestação em evolução. São eles:

Náuseas são sintomas característicos

O famoso enjoo aparece repentinamente em muitas mulheres gestantes e a grande maioria no inicio da gestação. Algumas já no início da gravidez, por volta da 4ª ou 5ª semana, porém é comum que esse sintoma surja apenas por volta da 8ª semana de gravidez. O Trocando Fraldas atribui este sintoma de gravidez ao o organismo que está sofrendo uma sobrecarga de progesterona.

Esse hormônio é o responsável pela manutenção da gravidez, mas também o maior responsável pelos sintomas de gravidez. Além das náuseas, a progesterona pode causar também tonturas, vertigens, ânsia, azia, dores de estomago etc. Normalmente esses sintomas são recorrentes no primeiro trimestre de gravidez. Até as 12, 14 semanas, é comum que permaneçam.

Após a 16ª semana de gestação, a mulher se sentirá melhor, os hormônios estarão mais equilibrados. Uma forma eficiente de ajudar a passar o mal estar das náuseas matinais, é a ingestão de bolachas água e sal em jejum, a alimentação saudável irá ajudar muito nesta fase. O indicado é que a gestante procure comer muitas frutas e legumes, sucos naturais e comidas com menos sódio.

Caso as náuseas sejam muito fortes a ponto de a mulher não conseguir ingerir qualquer alimento ou até mesmo líquidos, é preciso consultar o médico ginecologista para verificar qual medicação para combater esse mal estar, é indicada para esta fase da gravidez.

Foto: Reprodução/ Google

Sono em excesso

Excesso de sono pode ser um dos sintomas que surgem no começo da gravidez ou durante todo período de 40 semanas. O sono é um dos sintomas mais frequentes e que podem incomodar bastante porque atrapalha as tarefas diárias. A mulher sente um sono incontrolável e muitas vezes, é preciso tirar sonecas durante o dia.

Para este sintoma, a explicação da progesterona também é válida, a descarga hormonal ainda está sendo recebida e o organismo materno se acostumando com a nova condição. É normal sentir -se muito cansada e isso, não causa nenhum problema ao bebê. Recomenda-se sempre que se sentir-se sonolenta e cansada, respeitar organismo e dormir, nem que seja por apenas alguns minutos. Há quem sinta a falta de sono, a insônia pode ficar no lugar do excesso de sono e é, perfeitamente normal.

Inchaço no corpo pode ser gravidez

O primeiro lugar que se imagina que irá se transformar é a barriga, mas em algumas mulheres não é bem assim. O inchaço pode começar pelas mamas. Já antes do atraso menstrual, a mulher passa a sentir seus seios diferentes, tanto no tamanho, quanto na sensibilidade dos mamilos.

Logo em seguida é a vez do rosto ficar mais redondo e, conforme a gravidez avança, a barriga começa a dar sinal. É normal que a gravidez deixe a mulher bastante inchada, isso pode provocar confusão, pois o feto é muito pequeno ainda. Se há um inchaço abdominal por exemplo, é puramente causado por hormônios da gravidez.

Também é possível sentir desconfortos no momento de urinar ou ter uma sensação de que a bexiga está constantemente cheia. Isto porque o útero está em expansão, e o peso que passará a ter, irá causar essa sensação. O inchaço também aparecerá durante toda a gestação, nariz e pés podem inchar mais no 3º trimestre de gravidez.

Porém, se o inchaço for acompanhado de pressão alta, a luz amarela de atenção acende para o médico. A qualquer sinal de alerta como inchaço do rosto, pés ou mãos, dores de cabeça e sensação de ver estrelinhas de luz, a gestante deve procurar uma maternidade para verificar o que está acontecendo.

Recomendações ao sentir sinais de gravidez

A gestante ainda pode ter diversos sintomas de gravidez, entre eles sede, apetite ou falta dele, sensibilidade (ficar extremamente sentimental) entre outros e durante toda a gravidez. Um bom acompanhamento médico é fundamental para descartar possíveis problemas, por isso fazer um bom pré-natal é essencial para toda mulher.

Busque mesmo antes de engravidar, um bom médico para cuidar da gestação. Faça todos os exames pedidos, e a qualquer sintoma diferente, reporte à ele. Também é preciso conhecer seu corpo, e fundamental que compreenda que esta fase é de extremas mudanças. A compreensão do companheiro e todos que a rodeiam também é importante, porque apesar de ser uma fase linda, é uma fase de redescoberta.

Ao final de tudo, uma nova vida chegará para mudar ainda mais a vida deste casal, e os sintomas de gravidez, será apenas um detalhe que pode trazer saudade para quem já viveu a experiência da gravidez e no Trocando Fraldas você saberá de antemão, todas as transformações que o corpo passará nessa fase de 40 semanas.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.