30 anos sem "Caju"

Relembre a carreira de Cazuza em filmes e documentários

Músico, compositor, interprete e poeta deixou uma história de luta e resistência que inspiram os brasileiros até hoje.

Na Mira

Atualizada em 27/03/2022 às 11h07
Cazuza. (Foto: Flávio Colker / Divulgação)

BRASIL - Há 30 anos atrás, no dia 07 de julho de 1990, Agenor de Miranda Araújo Neto, mais conhecido como Cazuza, morreu no Rio de Janeiro, depois de cinco anos de luta contra a aids. Ele era músico, compositor, interprete e poeta, e deixou um legado de resistência na lutra contra a doença e de seu talento, que contribuiu na história da música popular brasileira.

Hoje, o que resta são lembranças de Cazuza como um ícone do rock nacional e com sua marca registrada de irreverência e energia, depositada dentro e fora do palco. Em homenagem à Caju, como era carinhosamente apelidado, o Na Mira fez uma lista de filmes, alguns interpretados pelo artista, e documentários para relembrar sua trajetória. Veja abaixo.

Filme Bete Balanço (1984)

Sinopse: Bete é uma jovem liberal, que resolve deixar sua cidade natal, Governador Valadares (MG), para tentar a carreira artística no Rio de Janeiro. Logo após chegar na cidade, ela se decepciona com os empresários da música e a violência urbana, mas também encontra apoio no namorado Rodrigo e em novos amigos. No longa, Cazuza interpreta o jovem Tininho.

Filme Um Trem Para as Estrelas (1987)

Sinopse: Eunice, a namorada de Vinicius, jovem e promissor músico vivendo nos subúrbios do Rio de Janeiro, desaparece depois de uma noite de amor. Em sua busca da namorada desaparecida, Vinicius vive uma verdadeira odisseia urbana, atravessando a cidade, sua violência, miséria, injustiças, sempre envolvido pela música. O filme está disponível no YouTube.

Filme Cazuza - O Tempo Não Para (2004)

Sinopse: A história de Agenor, conhecido como Cazuza, um jovem talentoso que sempre quis aproveitar ao máximo todas as emoções da vida. O filme mostra a trajetória de Cazuza, desde seus tempos com a banda Barão Vermelho até sua carreira solo como cantor e compositor. O longa-metragem exibe ainda a luta do artista contra a aids.

Documentário Barão Vermelho: Por que a gente é assim? (2017)

Sinopse: Depoimentos e filmagens contam a história da banda de rock Barão Vermelho, da formação em 1981 à saída de Cazuza do grupo, sua doença e morte precoce.

Documentário Carta Para Além dos Muros (2019)

Sinopse: Este documentário narra a evolução do vírus HIV no Brasil ao longo de três décadas e mostra o estigma imposto a quem vive com a doença. Lucinha Araujo, mãe de Cazuza, conta a trajetória do filho com o vírus. Ele está disponível na Netflix.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.