Internacional

EUA adotam medidas para restringir "turismo de nascimento"

São gestantes que viajam aos EUA para ter o bebê e obter cidadania.
Agência Brasil24/01/2020 às 09h16

ESTADOS UNIDOS - O governo americano informou que está restringindo a entrada de gestantes que viajam para os Estados Unidos (EUA), com o objetivo de ter o bebê e obter cidadania americana para ele. A prática é conhecida como "turismo de nascimento".

A Constituição dos Estados Unidos concede direito à cidadania para as pessoas que nascem no país.

A administração anunciou, nessa quinta-feira (23), que vai suspender a emissão de vistos temporários às pessoas que viajam para os Estados Unidos a fim de participar do turismo de nascimento. Autoridades vão decidir se emitirão vistos, entrevistando as solicitantes em embaixadas americanas e levando em consideração outros fatores.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.