Espionagem?

Barbie "espiã" levanta suspeita sobre gravação de conversas

Boneca vai ser lançada em 21 de setembro, e já traz polêmica.
Maurício Araya / Imirante.com23/03/2015 às 09h20

SÃO LUÍS – Com previsão de lançamento para 21 de setembro deste ano, a nova versão ("Hello Barbie") da boneca mais famosa do mundo mal chegou às prateleiras e já traz uma polêmica entre consumidores: a nova criação da Mattel possui um software capaz de utilizar algoritmos de aprendizagem automáticos, o que lhe permite desenvolver conversas com crianças, gravá-las e conectar-se, por meio de um ponto sem fio, à internet.

Associações de consumidores dos Estados Unidos prometem tomar medidas por considerar que o brinquedo possa se tratar de espionagem. A fabricante, entretanto, descarta que as conversas gravadas sejam vendidas a terceiros, mas admite que os dados serão gravados por até dois anos para aperfeiçoamento do software.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.