Entre Montes Altos e Lajeado Novo

Índios interditam estrada intermunicipal para cobrar reforma de ponte

Sem reforma da ponte o Luz Para Todos não podem chegar a área indígena.
João Rodrigues/ Imirante Imperatriz13/04/2016 às 14h07

MONTES ALTOS – Índios da etnia Kricati interditaram a principal estrada que liga Montes Altos e Lajeado Novo, na Região Tocantina para cobrar a reforma de uma ponte sobre o Rio Arraias, no limite dos dois municípios. Os indígenas montaram guarda armada no local de onde prometem sair somente após a conclusão da obra que vai garantir a passagem de caminhões e máquinas do programa Luz Para Todos, do Governo Federal na área indígena.

Ponte sobre o Rio Arraias agora se resume a algumas partes da estrutura. (Foto: Divulgação/ Aldo Manoel)

A comunidade indígena alega que há mais de cinco meses vinha cobrando das prefeituras a reforma da ponte de madeira sobre o Rio Arraias. Como não foram atendidos, os índios tomaram uma medida radical ao desmontar a estrutura da ponte, que mede mais de 60 metros de comprimento.

A ponte sobre o Rio Arraias fica no limite entre os municípios de Montes Altos e Lajeado Novo. (Foto: Divulgação/ Aldo Manoel)

Em outra frente, representantes da comunidade indígena como é o caso dos caciques Marcelo e João Nonô e o índio Gonçalo, se reuniram com o prefeito de Montes Altos Valdivino Rocha da Silva a quem voltaram a cobrar a reforma da ponte.

A ponte é a ligação principal entre os municípios de Montes Altos e Lajeado Novo. (Foto: Divulgação/ Aldo Manoel)

Após a reunião, que contou, ainda, com a presença de vereadores de Montes Altos, o prefeito Valdivino Rocha se comprometeu a fazer a obra, mas alegou problemas para a aquisição de madeira, mas ganhou a garantia dos indígenas na liberação de matéria-prima para o serviço.

Lideranças indígenas da etnia Kricati se reuniram com o prefeito Valdivino Rocha. (Foto: Divulgação/ Aldo Manoel)

A comissão de índios teria, ainda, recebido a garantia da prefeitura de Lajeado Novo em fazer a reforma da parte da ponte que fica no município.

A importância da estrada

Em meio ao impasse a estrada, a via foi identificada como sendo uma rodovia estadual, razão pela qual os municípios, também, avisaram que pretendem cobrar o apoio do Governo do Estado na obra. O trecho que liga Montes Altos a Lajeado Novo é composto por 28 Km e a ponte mede 66 metros de comprimento. O fechamento da via causa prejuízos ao comércio dos dois municípios e ao transporte escolar de Montes Altos.

Uma parte dos postes que serão usados na execução do Luz Para Todos na região está na beira da estrada interditada. (Foto: Divulgação/ Aldo Manoel)

O protesto dos índios vem sendo um dos assuntos da Câmara de Vereadores de Montes Altos desde a semana passada.

O vereador Raimundo de Morais, mais conhecido como Raimundo da Firmeza, um dos participantes da reunião com o movimento indígena, disse que há vários dias vinha cobrando do prefeito a reforma da ponte para atender a população dos dois municípios e a execução de obras do programa Luz Para Todos.

“A situação é porque hás dias a gente vinha cobrando o prefeito para que viesse fazer essa situação lá no mais rápido possível. A gente conseguiu que se estendesse o Luz Para Todos em toda aquela região (...) e o prefeito estava esperando as coisas melhorar, mas os índios derrubaram a ponte em protesto para o prefeito fazer essa ponte para a energia chegar até eles”, relembrou o vereador Raimundo da Firmeza.

Placa afixada nas imediações da estrada mostra o valor da obra de eletrificação rural.(Foto: Divulgação/ Aldo Manoel)

Após a reunião, segundo o vereador, o prefeito Valdivino se comprometeu a fazer a obra que já foi iniciada com quatro trabalhadores e deverá chegar a dez operários. O parlamentar disse que a previsão é que a reforma seja concluída em dez dias.

Em nota a Companhia de Energia Energética do Maranhão (Cemar) confirmou que vem executando o programa Luz Para Todos na região e a ponte é fundamental para a execução dos serviços.

Nota da Cemar

A Cemar informa que está executando uma obra do Programa Luz para Todos no Povoado Barreirinho, que tem uma rede de distribuição de energia com 51 km de extensão entre os municípios de Montes Altos e Lajeado Novo, e irá beneficiar aproximadamente 60 famílias.

Cabe esclarecer que em virtude das condições estruturais de uma ponte situada entre os dois municípios, a obra está paralisada a pelo menos duas semanas, por conta da falta de acesso.

Por fim, vale informar que a Companhia vem tratando e acompanhando essa situação junto ao poder público municipal da região. Tão logo o acesso seja recuperado as obras serão retomadas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.