Alison ativa "modo Rayssa" e se diverte na pista com funk e dança: "Preciso ser eu mesmo"

Cotado a pódio nos 400m com barreiras, paulista avança para a semifinal da prova depois de poupar energia nas classificatórias
30/07/2021 às 10h14

Um dos brasileiros mais cotados a uma medalha no atletismo, Alison dos Santos estreou em grande estilo nos 400m com barreiras no Estádio Olímpico de Tóquio nesta sexta-feira (do horário do Japão, quinta à noite de Brasília). O paulista marcou 48s42 em sua série eliminatória e avançou para a semifinal, que será realizada no domingo a partir de 9h05.

Alison foi à pista embalado pelos “mandamentos” de Rayssa Leal, que levou a medalha de prata no skate street com um show de irreverência e tranquilidade. Ele dançou e cantou um funk chamado “Teu Vulgo Malvadão” antes da prova e, depois dela, até brincou na zona mista.

- A Rayssa tem 13 anos, mas já está muito além de todo mundo. Ela é incrível, gravando nas redes sociais, dançando, se divertindo, mostrou o quanto ela não se deixou abater. Quero ir no mesmo caminho – afirmou o recordista sul-americano dos 400m com barreiras, que tem a terceira melhor marca do mundo na temporada.

Além da inspiração com a jovem skatista, Alison tem feito um acompanhamento psicológico intenso para lidar com as expectativas nas Olimpíadas. A orientação foi clara: se divirta.

- Eu passei por uma psicóloga antes das Olimpíadas, que me passou a necessidade de ser eu mesmo, me sentir tranquilo, ter prazer nesses momentos. Ter coisas que me fazem bem. Ouvir música, dançar e me distrair só vai me fazer bem – disse.

Na prova, o brasileiro imprimiu um ritmo muito cadenciado e explicou que tentou ser o “mais econômico possível” pensando na semifinal e na final. Com a primeira parte da missão cumprida, ele voltou para a Vila Olímpica para se preparar e espairecer.

- Tem que ouvir uma boa, tem que ter uma musiquinha para descontrair e ficar mais leve, né? Quanto mais leve você estiver, mais você corre.

© 2019 - Todos os direitos reservados.