Festival Kebrada

Rapper carioca BK faz show único em São Luís nesta sexta-feira

O encontro com os fãs do artista será às 19h30, no Centro Cultural Vale. Ao participar do Troca de Ideia, no Plugado, na Mirante FM, BK afirmou que o repertório do show é baseado no EP Cidade do Pecado.
Pedro Sobrinho/Jornalista13/01/2022 às 20h30
BK no Troca de Ideia, no Plugado, na Mirante FM. Foto: Divulgação (Rapper BK)

Abebe Bikila Costa Santos – BK, para a nação hip hop brasileira – faz o primeiro e único show em São Luís. Será nesta sexta-feira (14/1), às 19h30, no Centro Cultural Vale Maranhão, na Praia Grande, Centro Histórico de São Luís. A apresentação do rapper carioca faz parte da programação do Festival Kebrada, realizado em dezembro do ano passado. Os ingressos limitados por conta da Pandemia de Covid-19 já estão esgotados. Ouça aqui

Ao participar do TROCA DE IDEIA, no PLUGADO, na MIRANTE FM, BK fala da importância do rap em sua vida, assim como o gênero musical mexeu com a sua autoestima de artistas diversos inseridos no movimento Hip Hop. Sobre o show pela primeira vez na capital maranhense, BK comenta sobre estar ansioso em encontrar com os fãs maranhenses. No repertório será dedicado quase totalmente ao EP CIDADE DO PECADO, lançado em 1º de dezembro do ano passado, através do selo fonográfico GIGANTES, crtiado por ele em maio e batizado com o título do seu segundo álbum.

Cidade do pecado chega ao mundo digital um ano e três meses após O líder em movimento (2020). Neste terceiro álbum, um dos melhores discos do ano passado, o cantor e compositor se agigantou com beats e discursos poderosos.

Ao longo das cinco músicas inéditas e autorais de Cidade do pecado, BK mapeia ambições, armadilhas e atalhos perigosos da vida urbana das metrópoles, cheias de entraves capitalistas.

- Eu vejo o EP Cidade do pecado com muito foco no desejo e nas formas como você se perde na vida urbana, no que se deixa levar por ela e em como, ao tentar existir, você deixa de existir - conceitua o artista.

Gravado com produção musical de JXNV$ (codinome artístico do DJ e produtor Jonas Profeta, colaborador recorrente da discografia do rapper), que também assina a direção musical do EP em parceria com BK.

Para além do compromisso de entregar um trabalho bem produzido para o público, BK’ também buscou fazer experimentações sonoras nas músicas. Movido pelos flows e beats, ele busca uma forma própria de fazer rap.

- Minha maior ambição é ter uma característica só minha, uma identidade única. Lancei o EP para testar coisas e experimentar. O Jonas com os beats, eu com a forma de entregar os flows. Estou buscando meu caminho, na procura da escrita perfeita - afirma.

Repertório

Nas cinco músicas presentes em Cidade do Pecado, o rapper iniciou cantando sozinho na faixa título e em Não Preciso Que Você Duvide. Depois, reuniu algumas participações. BK’ divide os vocais com a cantora Mayra Andrade, de Cabo Verde, em Paraíso Que Me Cerca, faixa de respiro do EP.

MC Marcelly e Nochica trazem o efeito desejado para a composição em Último Baile Antes da Guerra, música intensa que traz a vivência de um criminoso curtindo um baile. Fechando o EP, o rapper Nill agrega com mais experimentações em E Se Eu Morrer.

- Os feats têm que deixar a música passar a mensagem dela, levando as pessoas para aquele universo. É mais maneiro agregar na música do que só pensar em números. A questão dos números é interessante, mas eu penso muito mais na música. Acho que acertamos nisso nas experimentações - comemora.

Leia outras notícias em mirantefm.com. Siga, também, a Mirante FM no Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook. Peça sua música por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99161-9696.

Mais notícias

Selo IVC
© 2019 - Todos os direitos reservados.