DNA Musical

Gosto de compor e cantar em inglês porque acho o idioma melódico, afirma Lara Marttini

Lara Marttini é maranhense, estudante universitária de música e psicologia nos Estados Unidos (Minnesota State University). Começou na música aos 5 anos. Toca teclado, violão e ukulele, canta e também é compositora.
Pedro Sobrinho/Jornalista05/10/2021 às 14h41
Lara Marttini no Plugado, na Mirante FM. Foto: Divulgação (Lara Marttini)

Quem passou pelo Plugado, nesse domingo (3/10), foi a jovem cantora maranhense, LARA MARTTINI. Na troca de ideia com o jornalista PEDRO SOBRINHO, ela disse que a música sempre esteve no DNA, mas tem na psicologia uma outra alternativa profissional. Mesmo sabendo do desafio que é viver de arte, Lara está focada na música.

- Sempre gostei de cantar desde criança. Sei que o ramo da música não é mais fácil, mas conversando com meus pais surgiu a ideia para que eu tivesse um segundo diploma. Irei juntar as duas profissões, mas a música será sempre o meu foco, o meu carro-chefe. E o bom é que conto com o apoio dos meus pais - ressalta.

Lara Marttini é maranhense, estudante universitária de música e psicologia nos Estados Unidos (Minnesota State University). Começou na música aos 5 anos. Toca teclado, violão e ukulele, canta e também é compositora. Durante a conversa, ela falou das influências brasileiras, gringas e do inglês como idioma predileto para sua inspiração como compositora e cantora.

- Pelo fato de ter morado nos Estados Unidos sofri influências dos costumes de lá. E uma dessas influências foi a música. Adoro ouvir músicas antigas de Whitney Houston, Tears For Fears, mas gosto de artistas novos como Beyoncê e ouçoa bastante música Gospel. Pelo lado brasileiro, o meu pai me influenciou bastante e acabei gostando de Djavan, Legião Urbana. Mas, o que gosto mesmo é de compor minhas músicas, venho fazendo isso desde os doze anos. Tenho músicas feitas por mim em inglês e português, mas acaba que estou conectada com a música em inglês. Acho o inglês um idioma melódico - assegura.

Mesmo com músicas autorais, Lara ainda não tem um registro do trabalho. Segundo ela, o próximo passo é reunir toda a sua produção musical e disponibilizar nas plataformas de streaming.

- A pandemia prejudicou muito todo o meu projeto com a música. O meu desejo e o próximo passo é colocar as minhas músicas à disposição das pessoas usando todas as plataformas musicais. Tô procurando um produtor e estúdio que se encaixe com as minhas musicas. Não tenho pressão e tampouco previsão de data ainda - garante.

Leia outras notícias em mirantefm.com. Siga, também, a Mirante FM no Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook. Peça sua música por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99161-9696.

Mais notícias

© 2019 - Todos os direitos reservados.