Ancestralidade e Devoção

Bumba Meu Boi - Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade é o mais novo livro do fotógrafo Márcio Vasconcelos

O trabalho reúne mais de cem fotos produzidas por Márcio Vasconcelos e textos de Celso Borges, ilustrações de Cláudio Vasconcelos e projeto gráfico de Maurício Vasconcelos. Contato para compra: 9972-3355.
Pedro Sobrinho/Jornalista 12/04/2021 às 20h15

A Cultura Popular do Maranhão é onipresente, sinônimo de ancestralidade, pertencimento e um ritual nas lentes de contato de MÁRCIO VASCONCELOS. Mesmo sem os festejos juninos no ano passado, o fotógrafo manteve viva esta que é a maior festa de rua do Maranhão celebrando SANTO ANTÔNIO, SÃO JOÃO, SÃO PEDRO e SÃO MARÇAL.

Bumba Meu Boi - Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Foto: Márcio Vasconcelos

Em participação na edição desse domingo (11/4), no PLUGADO, na MIRANTE FM, Márcio falou da sua devoção pelos sotaques do bumba meu boi mais tradicionais e símbolos de resistência. Disse ele, que o recorte da manifestação traduz-se no livro "Bumba Meu Boi do Maranhão – Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade".

Segundo Márcio, o trabalho reúne mais de cem fotos produzidas por Márcio Vasconcelos e textos do poeta Celso Borges, ilustrações de Cláudio Vasconcelos e projeto gráfico de Maurício Vasconcelos.

Bumba Meu Boi - Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Foto: Márcio Vasconcelos

O livro ressalta a importância do título Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade concedido à manifestação cultural Bumba Meu Boi, em 2019, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), uma agência especializada das Organização das Nações Unidas (ONU).

Há fotos dos amos e cantadores, entre eles Humberto de Maracanã, Leonardo, João Câncio, Apolônio, Apolônio Melônio, Coxinho e João Chiador.

- O livro é uma homenagem que faço a essa brincadeira que eu acompanho, há mais de 30 anos, por meio da minha atividade como fotógrafo - enfatiza.

Bumba Meu Boi - Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Foto: Márcio Vasconcelos

O texto, assinado por Celso Borges, é entremeado por trechos de várias toadas da Festa de São João no Maranhão e depoimentos de pesquisadores do tema. A publicação tem 30x23cm, tem 140 páginas. O patrocínio é da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP). Quem quiser conhecer os personagens da brincadeira no livro "Bumba Meu Boi do Maranhão – Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade", basta entrar em contato com MÁRCIO VASCONCELOS pelo WHATSAPP (98) (9)9972-3355 ou pelo FACEBOOK ou INSTAGRAM.

Leia outras notícias em mirantefm.com. Siga, também, a Mirante FM no Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook. Peça sua música por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99161-9696.

Mais notícias

© 2019 - Todos os direitos reservados.