Parcerias

Marcos Magah fala de música feita com Beto Ehong e do disco com Zeca Baleiro

Me Solta é o nome da música gravada por Magah e Beto já disponível no canal do Youtube. Sobre o disco "O Homem que Virou Circo", tem a produção de Zeca Baleiro e do guitarrista Tuco Marcondes.
Pedro Sobrinho/Jornalista 22/02/2021 às 20h10
Beto Ehong e Marcos Magah em Me Solta. Foto: Divulgação (Divulgação)

Beto Ehong e Marcos Magah disponibilizam no canal do Youtube o single ME SOLTA. Em passagem na sala virtual do Plugado, nesse domingo (21/2), Magah falou da parceria com Beto Ehong. Segundo o músico, o encontro entre os dois é marcado pela afinidade poética e apelo dos ME SOLTA é de autoria da dupla e conta com trompete e berimbau de Bigorna.

- Eu sempre tive vontade de trabalhar com Beto. A gente se encontrava em festivais e sempre pensávamos em fazer uma coisa juntos. Até que um certo e belo dia, com essa coisa toda da pandemia, falei pra ele vamos fazer alguma coisa juntos. Não sei cara, pode ser um punk, funk, pop, qualquer coisa. Daí, surgiu a canção, a gente começou a escrever. Gravamos no Raja Home Estúdio. A gente está bem feliz com a repercussão. Sou um grande admirador do trabalho de Beto. Finalmente a gente conseguiu trabalhar juntos, era o que a gente sempre desejou fazer, sempre quis, sempre conversávamos, planejávamos. Era uma coisa que o público dele queria, as pessoas que acompanham meu trabalho diziam que tinha esta ligação de texto - comenta.

O single lançado no formato “visualizer” realizado pela MundiOca Produções mostra Magah e Ehong em imagens descontraídas numa orla rolê em São Luís. Confira mais em www.betoehong.com

Disco

Magah também comentou sobre a gravação do disco com a produção de Zeca Baleiro e do guitarrista Tuco Marcondes, que vai se chamar 'O HOMEM QUE VIROU CIRCO'.. Segundo o cantor, o novo trabalho deve sair pela SARAVÁ DISCOS.

- Eu estou gravando o disco com Zeca Baleiro e Tuco Marcondes. O nome do disco se chama O Homem que Virou Circo. Estamos fazendo tudo bem devagar por conta da Pandemia, mas está ficando bonito. O disco deve sair pela Saravá Discos. Pra mim é uma alegria trabalhar com Zeca, um cara que entende essa linguagem que eu uso, entende bem as minhas referências, o que é dito naquele texto. Às vezes é ironia ou acidez, que de certa forma ele também tem. Trabalhar também com o Tuco, uma lenda viva da guitarra brasileira. Estamos gravando lentamente por conta deste problema global, mas esperamos concluir o trabalho, ainda, este ano e entregar de presente para o público - esclarece.

Leia outras notícias em mirantefm.com. Siga, também, a Mirante FM no Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook. Peça sua música por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99161-9696.

Mais notícias

© 2019 - Todos os direitos reservados.