Jornal da Mira

Magão promete água de graça para famílias do Bolsa Família e faz críticas as gestões anteriores

O candidato à prefeito de São José de Ribamar pelo PSOL fez críticas a atuação da empresa BRK Ambiental. Disse estar pronto para administrar o município justificando os dois mandatos de vereador.
Pedro Sobrinho / Jornalista13/10/2020 às 12h34

Magão, candidato à Prefeito de São José de Ribamar pelo PSOL - Partido Socialismo e Liberdade na coligação - garantiu, em entrevista nessa segunda-feira (12/10), no Jornal da Mira, na Mirante FM, ser a melhor opção para administrar o município usando como justificativa a convivência social com à população ribamarense, os dois mandatos como vereador no município.

Nynrod Weber, Clóvis Cabalau, Carla Lima com o candidato à prefeito de São José de Ribamar pelo PSOL, Magão. Foto: Paloma Pinheiro

Na sabatina com Clóvis Cabalau, Nynrod Weber, Carla Lima, participação do jornalista Pedro Sobrinho (Mirante FM), o candidato também criticou a postura de como os gestores vêm conduzindo os recursos públicos da cidade.

- A convivência social com o nosso povo, os meus dois mandatos de vereador em São José Ribamar e os problemas criados pelos gestores anteriores do nosso município me dão credibilidade para assumir à prefeitura de São José de Ribamar e atende às necessidades daquela população - admite.

Política Cultural

Questionado sobre a relativização do conceito cultura, resumida a bumba meu boi, folclore, se existe uma política cultural voltada para criançada em um Brasil cheio de incertezas, o candidato criticou as gestões dos prefeitos anteriores definindo como limitadas a maneira como todos vêm atuando na área cultural

- A nossa ideia é trabalhar uma política cultural não fechada apenas no São João e no Carnaval. São prioridades, mas em nosso Plano de governo temos uma política cultural voltada para o ano inteiro em São José de Ribamar com música, teatro, cinema e também folclore - garante.

Saneamento Básico

Sobre a questão da BRK Ambiental, empresa que atua na área de saneamento básico no município de São José de Ribamar, Magão disse que a empresa vem causando um desconforto à população ribamarense com cobranças de taxas elevadas de água. Segundo ele, a BRK dispõe de R$ 72 milhões cujo objetivo do recurso era prestação de serviço na área de saneamento básico em toda a cidade balneária. Ele afirmou, ainda, que se eleito, pretende romper o contrato com o órgão privado.

- A BRK Ambiental é uma empresa que chegou com R$ 72 milhões para fazer saneamento básico em toda São José de Ribamar. A questão social é gravíssima. A BRK Ambiental cobra taxas elevadas de água tornando inviável. 70% do povo de Ribamar está inadimplente por não poder pagar estas contas altíssimas. Assumindo à prefeitura de Ribamar queremos saber onde foram colocados os R$ 72 milhões. Vamos trazer a responsabilidade para o Poder Público para que possamos desenvolver um trabalho em que à população carente de São José de Ribamar seja beneficiada. A água é um bem público, pertence à sociedade. Vamos levar água de graça para famílias do Bolsa Família - promete.

Perfil

Magão tem 58 anos, casado, empresário, natural de São Luís - MA. O vice-prefeito pelo PSOL, Chico Lima.

Leia outras notícias em mirantefm.com. Siga, também, a Mirante FM no Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook. Peça sua música por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99161-9696.

Mais notícias

© 2019 - Todos os direitos reservados.