Literatura & Cultura Popular do Maranhão

Cássia Pires disponibiliza, gratuitamente, on-line o E-Book Coreiras: Performance e Jogo no Tambor de Crioula

A obra é fruto da dissertação em Teatro, da arte-educadora, pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), orientado por Zeca Ligiero. Seu lançamento presencial foi adiado devido à pandemia da Covid-19.
Pedro Sobrinho/Jornalista 20/07/2020 às 13h42

A arte transita no corpo e na alma de Cássia Pires. A professora, doutora em Artes e chefe do departamento de Artês Cênicas da Universidade Federal do Maranhão, conversou na edição desse domingo (19/7), do Plugado, na Mirante FM, sobre o lançamento on-line do livro Coreiras: performance e Jogo no Tambor de Crioula.

Cássia Pires: professora, Doutora em Artes e Chefe do Departamento de Artes Cênicas da UFMA. Foto: Divulgação

Segundo a professora, a obra é fruto da dissertação em Teatro pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), orientado por Zeca Ligiero.

- O livro é fruto da dissertação de mestrado orientado por Zeca Ligiero, A minha irmã Rosane Pires sempre foi parceira, co-orientadora dos meus trabalhos de escrita acadêmica. A minha outra irmã Clelma Pires também foi uma grande incentivadora. Quando defendi essa dissertação eu fui aprovada unanimemente com indicação de publicação. Voltei para o Maranhão, passei no concurso da UFMA, fui ser professora tive filho, emendei para um doutorado, ela me deu suporte necessário para desengavetar este trabalho. Enfim, toda a minha família é muito presente, tenho orgulho de todos eles. É uma familia muita unida de um ajudar o outro - ressalta.

Além do envolvimento familiar na concepção do livro, Cássia mencionou nomes de pessoas significativas em sua trajetória como arte-educadora e no trabalho de dissertação.

- A escrita acadêmica é solitária, mas por trãs do momento de solidão da escrita a gente tem uma equipe muito grande de pessoas, que nos dão suporte, apoio, força para continuar e fechar os ciclos. Além da contribuição preciosa da minha família, alguns amigos, parceiros, mestres, coreiras, professores, entre os quais Arão Paranaguá, que contribuiram para a realização deste trabalho - explica. - Gratidão, em especial, ao mestre Luiz Pazzinni que tive dentro da academia a minha paixão pelo teatro e que me trouxe até onde cheguei. Na escolha dos caminhos dos assuntos que me interessam, ele sempre foi um grande inspirador. Uma pessoa que tenho muito respeito. Infelizmente perdemos ele há dois meses por conta do Coronavírus, neste momento de Pandemia. Até percebo nos meus agradecimentos que muitas pessoas não estão mais com a gente. Me sinto feliz e grata por ter recebido ensinamentos, saberes. Tive o privilégio de viver com eles em algum momento e ter estabelecido troca, saberes, e que estão comigo mesmo não mais neste plano físico. Fazem parte do meu trabalho, deixam o legado deles. Cito com muito orgulho também Sérgio Ferretti, Mestre Felipe, Mestre Tomás, Dona Maria Clores - reconhece.

Questionada da afinidade e pesquisa sobre o tambor de crioula, Cássia Pires afirma que o trabalho é fruto de experiências com a dança e com o tambor de crioula, por isso a motivação em analisar a figura da coreira sob a visão da performance cultural. Ela destaca também o envolvimento com os personagens inseridos na manifestação folclórica.

- Pode se envolver nestas comunidades com os mestres, com as coreiras, outras pessoas que pesquisam o tambor de crioula e servem de fontes foi prazeroso. Não deixa de ser uma aprendizagem, uma lição de vida. A ideia do livro é salvaguardar as coreiras, os mestres e o tambor de crioula do Maranhão - enfatiza.

"Coreiras: performance e Jogo no Tambor de Crioula" teve o lancamento presencial, que aconteceria em 22 de abril, adiado por conta da Covid-19. Cássia Pires garantiu que em um momento Pós- Pandemia será lançada a versão impressa do livro.

- O livro seria lançado em 22 de abril, já tinha fechado na Casa do Tambor de Crioula, na Praia Grande. Já tinhamos uma programção fechada, teríamos uma noite cultural. Estava tudo combinado, mas foi interrompido por conta da Pandemia que teve início em março. O que a pandemia traz de diferente é essa distribuilção do-book gratuitamente como a divulgação da obra e na esperança que no Pós-Pandemia a gente possa ter este momento que a gente preparou com carinho para lançar o livro impresso - deseja.

Permeado de uma vasta pesquisa bibliográfica, registros fotográficos surpreendentes e singulares do arquivo próprio da pesquisadora, o livro dispõe também de imagens do acervo de Edgar Rocha e do cineasta Murilo Santos.

Leia outras notícias em mirantefm.com. Siga, também, a Mirante FM no Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook. Peça sua música por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99161-9696.

Mais notícias

© 2019 - Todos os direitos reservados.