Alternative Land

DJ Choairy explica e apresenta seleção musical em quadro de estreia no Plugado

O jornalista e DJ apresentou seis músicas, no quadro Alternative Land, cujo objetivo é mostrar, quinzenalmente, o avesso da música que o "mainstream" faz vista grossa.
Pedro Sobrinho/Jornalista 24/06/2020 às 13h04

No último domingo (24/6), o Plugado estreou o quadro "ALTERNATIVE LAND - Aqui a Terra é Alternativa e Redonda", cujo objetivo é mostrar, quinzenalmente, o avesso da música que o "mainstream" faz vista grossa. A ideia é chamar uma moçada que ouve, gosta e tem um acervo musical que foge do lugar comum, o que de vez em quando faz bem à saúde.

DJ Jorge Choairy no Plugado, na Mirante FM. Foto: Facebook/Divulgação

E quem abriu os trabalhos, ou seja, experimentou com o que pede a "session" foi o jornalista e "deejay" Jorge Choairy, com um "set" de seis músicas escolhidas a dedos. Para cada uma música tocada, uma história contada "teen teen por teen teen"

1 - O Tempo Dela – Flora Lago (Interpretação de Flora Lago pra uma composição de Hamilton Oliveira e Guilherme Raposo.)

“O Tempo Dela” faz parte do EP de lançamento da carreira da Flora Lago. Produzido por Assis Medeiros, pai da cantora, o trabalho é composto de mais três faixas que devem chegar aos serviços de streaming daqui a um mês.
O Tempo Dela chegou aos meus ouvidos trazidos pela proximidade com o Hamilton Oliveira, que por dividir o mesmo espaço que eu, praticamente me obrigou a ouvir.

Brincadeiras à parte, a faixa é uma amostra do que vem por aí. Independente das relações de amizade e proximidades, o trabalho realça as características sempre relevantes das produções com a assinatura do Assis Medeiros, que agora além de pai-coruja vai nos mostrar que nas veias de sua família corre mais alguma coisa além de sangue.


2- Na Fita – Beto Ehong e Flávia Bittencourt

Trabalho super recente do multi-artista Beto Ehongue em parceira e à distância, por conta do isolamento social, com a cantora e compositora Flávia Bittencourt.

O link do vídeo do artista no youtube caiu no meu PC enviado pela atriz e bailarina Tatiane Soares, que esteve de alguma forma envolvida na produção. O vídeo tem direção do SagazRoots, alguma outra alcunha do Emílio Sagaz... Emílio Andrade.

Aqui temos a junção de uma par de gente trabalhando em casa e mostrando que o isolamento não nos desconecta, muito menos de nossas raízes e tradições. Aliás, a criatividade sempre exige um pouco de isolamento. Taí Beto e Flávia que não me deixam mentir.


3- Agora o Meu Coração É um Lixeiro Azul Vazio Escroto - Cidade Dormitório

Ainda na interface do youtube, pesquisando ano passado sobre rock, psicodelia e blues, eis que a plataforma me sugere uma banda de nome meio que incomum... Cidade Dormitório.

Grupo musical de Aracaju que traz na sonoridade essa mistura de passado e presente, de rock com MPB... progressivo, psicodélico... e aquela lembrança punk. O título/verso da música me chamou atenção também... de cara fui ouvindo tudo deles...

“Agora o meu coração é um lixeiro azul vazio escroto” fez parte de um EP de lançamento do quarteto lá em 2017, chamado “Esperando o Pior”. Climático e profético.

4- The Birds - Rick Cuevas

Navegando na internet por blogs de música gringa e esbarrei na coletânea “Fingertracks”, da série “LoveFingers” e uma música me chama atenção, The Birds, de Rick Cuevas.

Foi exatamente num domingo que tive o prazer da descoberta de algo antigo e que nos toca profundamente nos dias de hoje. De imediato apliquei um loop interminável no meu PC e em seguida no som do carro.

Recomendo a todos um passeio dominical ao fim da tarde ouvindo The Birds. Faz um bem danado à saúde. Rick Cuevas é americano, da California. The Birds faz parte do álbum Symbolism, de 1984. Isso mesmo: de 1984.
Gravada quase que de forma artesanal, apesar dos sintetizadores e em estúdio de amigos, The Birds é uma hipnose que nos tira lá de 1984 e nos leva pra qualquer tempo e lugar. Aproveitem!

5 - Crush - Club Intl

Agora estamos realmente em 2020, mas num mergulho voltamos de novo pros anos 80.

A música Crush, do Club International veio através de alertas no meu e-mail. Levei uma semana pra clicar e me arrependi pelo tempo perdido em não ter escutado imediatamente.

Aqui o tempo volta a se misturar. Aqui tem todos os elementos que gosto de brincar com os ouvidos dos outros. Um desequilíbrio que tira a gente (de novo) do tempo e espaço. Melancólica, climática, cheia de camadas de sintetizadores oitentistas... Algo assim como o som do Chromatics, banda que curto muito.

Procurando saber e conhecer a cara do som chegamos a Johnny Jewel, o cara que produz quem? Chromatics. Taí o link... Outro dia disse numa rede social que às vezes a gente diz gostar de …

6 - Violent Femmes – Crazy

Bom , finalmente chegamos à sexta e última seleção desta lista de músicas alternativas e suas respectivas reações ao meu modo de vivenciar as músicas dos outros.

Crazy virou hit instantâneo ao ser lançada pelo dueto Gnarls Barkley, chegando a ganhar o Grammy de melhor música alternativa do ano de 2007.

Aqui temos uma versão, no mínimo curiosa, transformando o alternativo em algo mais alternativo ainda, se é que isto seja possível... Em 2008 o Violent Femmes, uma banda norte-americana de rock alternativo deu essa pegada folk/country ao hit Crazy. Pesquisando mais sobre fiquei sabendo que se trata de uma espécie de retribuição pelo Gnarls Barkley ter feito uma versão pra uma música deles de 1983: Gone Daddy Gone.

E como essa versão chegou a mim? Bom, uma das fontes mais valiosas que tenho são os ouvidos de amigos meus que ouvem músicas por aí e imediatamente lembram do meu trabalho e me enviam da maneira que podem... ou cantarolando ou enviando links, sempre com a gratificante mensagem:
“Ouvi isto e lembrei de ti”. Assim fez o meu amigo e incentivador Raimundo Rocha Neto com esta versão de Crazy.

Agradeci, ouvi e hoje ela está aqui completando essa lista de músicas alternativas que me tocaram e tocam.

Um parêntese: destas seis músicas nenhuma me foi sugerida pelo meu amigo jornalista e escritor Sandro Fortes, mas todas poderiam ter sido. É que pra listar as sugestões do Sandro seria necessário uma playlist totalmente dedicada ou quem sabe a participação do próprio num outro módulo...
Fica a sugestão... Obrigado e boa noite a todos!

Leia outras notícias em mirantefm.com. Siga, também, a Mirante FM no Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook. Peça sua música por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99161-9696.

Mais notícias

© 2019 - Todos os direitos reservados.