A Moda do João

João Belfort fala da sua relação com a moda, a música e protagonismo negro

Considerado operário da moda, João falou da sua origem e da participação dele, no Festival Cabeça de Nêgo, que acontece dias 22 e 23 de novembro, no Centro Cultural Vale Maranhão, na Praia Grande.
Pedro Sobrinho/Jornalista 19/11/2019 às 07h22

O Brasil é o pais mais negro fora da África. Quem diz isso são os próprios brasileiros, 50,7 % da população se autodeclara negra e parda (Censo 2010). 47,7% da população se diz branca. Então, os negros não eram maioria antes de 2010 ? O que mudou foi a identificação do brasileiro com cor e raça.

Vemos o reflexo desse pensamento na beleza e também na moda. O retorno dos cachos, a maior diversidade no mercado da beleza, o desfile do Emicida no SPFW, o maior número de modelos e atrizes negras nas capas de revistas, as marcas com identificação afro, os festivais como Black na Cena, o sistema de cotas nas universidades, o seriado Mister Brau na TV, a peça O Topo da Montanha, a apresentação da MC Sofia e Karol Conká na abertura das Olimpíadas. De fora, o Oscar da Lupita, a eleição de Barack Obama, a força da Michelle, a comoção mundial com a morte de Nelson Mandela. São conquistas do pensamento, da economia, do ativismo digital.

João Belfort: operário da moda, acompanhado de modelo e músico Zeca Baleiro

A Moda do João

Em São Luís, um jovem "stylist", oriundo das quebradas da capital Patrimônio da Humanidade, batizado de João Belfort, criou seu próprio empreendimento, "A MODA DO JOÃO", que funciona na rua do Alecrim, no centro da cidade.

- O meu envolvimento com a moda vem do berço, mas tudo começou de verdade, quando trabalhei na editoria de um blog em São Luís - esclarece

João Belfort falou também da relação moda e música pontuando os seus trabalhos com artistas locais.

- A música me faz viajar, consigo ter um processo criativo, de produção muito legal. Têm muitos artistas, muitas bandas que eu venho assinando "styling". Quando é criação de videoclipes estou sempre assinando o figurino. Já vesti o pessoal do Canal Raja. Vou assinar um figurino de um videoclipe de Zeca Baleiro com Tiago Máci com direção de Artur Rosa. Foi muito massa o processo. E tá vindo várias novidades. Eu estou gostando porque são pessoas do meu cotidiano. Eu gosto muito de trabalhar com o cotidiano - esclarece.

Quando indagado sobre protagonismo e inspiração a jovens negros, Belfort, disse, em tom engraçado, que ser negro está moda. De certa forma, na opinião dele, mostra que os negros são capazes de chegar e ocuparem os espaços que quiserem.

João Belfort defende que o racismo é uma tema em discussão sempre.

- Temos que falar sempre, colocar a boca no trombone, pois vidas negras importam - enfatiza o operário da moda.

O 'stylist' é uma das atrações do Festival Cabeça de Nêgo, idealizado pelo jornalista Pedro Sobrinho, que acontece dias 22 e 23 de novembro, no Centro Cultural Vale Maranhão, na Praia Grande. O desfile com a coleção de roupas de Belfort na sexta-feira (22/11), com discotecagem de Gabriella Leão e Brunoso.

- Vou apresentar uma coleção muito massa. Quanto o festival agrega, pois A MODA DO JOÃO é todo mundo dentro do rolê. Eventos como esse deve ser apoiado, especialmente, por nós negros, sermos protagonistas da nossa própria história, conscientizando, fazendo festa, e mostrar que a gente a gente tem vez, voz, tem lugar, poder de fala. É um evento aberto em que as pessoas devem colar - convoca.

Perfil: João Belfort

É stylist maranhense, criador da Moda do João e membro do coletivo criativo Haus 337. Já trabalhou com alguns nomes da cena artística local e nacional como Thayanara OG, Zeca Baleiro, Only Fuego, Butantan, Criolina, Áurea Maranhão, Raja, Marquinhos Duailibe, Vinaa, Baré de Casco, Fabrícia, Flávia Bittencourt, Thiago Maci, entre outros.

Teve trabalhos em veículos publicitários nacionais e internacionais e atuou com grandes nomes da moda maranhense, entre eles, o maranhense Chico Coimbra (in memoriam), além de outras parcerias com marcas locais. Na sua bagagem também tem dupla premiação como melhor produtor de moda.

Leia outras notícias em mirantefm.com. Siga, também, a Mirante FM no Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook. Peça sua música por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99161-9696.

© 2019 - Todos os direitos reservados.