Tributo

Alcione e Zeca Baleiro reunidos para homenagem a Humberto de Maracanã

A cantora maranhense participa do disco gravado, na Zabumba Records, em São Luís, com produção de Zeca Baleiro. O trabalho celebra os 80 anos de vida de Humberto de Maracanã, que morreu há quatro anos.
Pedro Sobrinho/Jornalista 04/09/2019 às 08h36
Alcione e Zeca Baleiro celebram o legado de Humberto de Maracanã (Reprodução / Instagram Zeca Baleiro)

Alcione, confirmada para o aniversário de 407 anos de São Luís, neste domingo (8/9), na Praça Maria Aragão, e Zeca Baleiro se encontraram nessa segunda-feira 92/9), no estúdio do percussionista Luiz Cláudio, conhecido como Zabumba Records, em São Luís, para registrar a participação da cantora no disco que está sendo gravado em homenagem a Humberto de Maracanã.

Produzido por Baleiro, o tributo celebra os 80 anos que Maracanã poderia estar festejando em 2019 se não tivesse saído de cena há quatro anos.

Humberto de Maracanã – cabe lembrar – é o compositor da toada Maranhão, meu tesouro, meu torrão, gravada por Alcione há 31 anos no álbum Ouro & cobre (1988).

Voz imortal da cultura musical maranhense, o cantador Humberto Barbosa Mendes (2 de novembro de 1939 – 19 de janeiro de 2015) ficou imortalizado pelo nome artístico de Humberto de Maracanã pela atividade exercida por mais de 40 anos no bumba-meu-boi intitulado Boi de Maracanã, grupo do qual foi mestre.

O disco deve ser lançado em outubro, com participações também de Fauzy Beydoun, Henrique Menezes, Roberto Ricci, além do paraibano Chico César.

Leia outras notícias em mirantefm.com. Siga, também, a Mirante FM no Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook. Peça sua música por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99161-9696.

Mais notícias

© 2019 - Todos os direitos reservados.