Arte conectada com a ancestralidade

Música, recital de poesia, teatro e gastronomia no 1º Sarau de Axé, sexta-feira, em São Luís

A programação é intensa e extensa. Começa às 19h, na Casa do Maranhão, na Praia Grande, com acesso livre. Um coletivo de aristas se apresenta em um evento, que vai envolver comidas, bebidas e produtos da cultura afro.
Pedro Sobrinho/Jornalista 27/08/2019 às 08h21
Jô Brandão e a mãe Kabeca, Yalorixá da Casa Fanti Ashanti. (Divulgação)

A Casa Fanti Ashanti realiza, nesta sexta-feira, 30, a partir das 19h, na Casa do Maranhão, Centro Histórico, o 1º Sarau de Axé. A programação é inspirada na cultura ancestral africana, afro brasileira e promete encantar o público por meio da música, teatro, recital de poesia e apresentações culturais. O dinheiro arrecadado com a venda dos produtos será destinado ao projeto de restauração e preservação do Patrimônio Cultural da Casa Fanti Ashanti.

Segundo Mãe Kabeca, Yalorixá da Casa Fanti Ashanti, a ideia do 1º Sarau de Axé é contribuir com a preservação da casa, considerada um valioso patrimônio da cultura afro-brasileira.

- O espaço arquitetônico da Casa Fanti necessita passar por reformas e adequações de sua estrutura física. Por ser uma casa de axé, seguimos os princípios da coletividade e da partilha, portanto a festa tem objetivo de unir com alegria todas as pessoas. O apoio de todos é essencial para o sucesso do projeto - explicou.

Para Jô Brandão, uma das entusiastas, idealizadora e organizadora do evento, o Sarau de Axé é um projeto criado para contribuir com a restauração e preservação da Casa Fanti Ashanti. Ele acrescentou, ainda, que serão desenvolvidas mais duas iniciativas, destacando o financiamento coletivo on-line e uma festa voltada para o samba.

- Pai Euclides construiu um legado de 62 anos de cultura afro-brasileira de matriz africana, forte, consolidada, construída por muita gente. Todo um conjunto de saberes, publicações deixadas por ele como legado e herança, as práticas culturais, os cantos, que só existem na Casa Fanti Ashanti, precisam ser preservados. Pensando nisso, no legado que mãe Kabeca está dando continuidade, a Casa Fanti Ashanto precisa passar por uma restauração do prédio físico. Um conjunto de pessoas, com a parceria de um grupo de arquitetos, filhos, a familia da casa, pensou num projeto de restauração com o principio da coletividade. O sarau de axé nasce da ideia de se fazer um grande evento com a nossa cultura, nossa comida, nossa bebidas, com as nossas músicas, nossos artistas locais, gente de axé. Pensamos em montar um sarau com toda essa riqueza, na intenção de um projeto maior que é levantar recursos financeiros para restauração da Casa Fanti Ashanti. Esse projeto tem três pontos de mobilização de recursos. Além da primeira iniciativa na sexta-feira, temos também a captação de recursos on-line e outro evento, entre novembro e dezembro, voltado para o samba, cultura nossa de matriz africana, que será feito com outros artistas que não abraçamos na primeira versão. O sarau de axé faz parte de restauração e preservaçao da Casa Fanti Ashanti - pontua.

Gastronomia Ancestral

A cozinha do Axé é um dos pontos altos do evento e proporcionará aos presentes sabores, aromas e cores dos elementos e alimentos tradicionais que unem e alimentam a comunidade. O 1º Sarau do Axé pretende retratar o universo dos Orixás, Voduns e Encantados; um ambiente de ensinamentos, aprendizados e afeto inspirados na força sagrada da natureza.

Programação

A partir das 19h, os Djs Félix e Carol Vieira animam o evento. Em seguida, haverá a abertura com salva de Divino Espírito Santo conduzido por Mãe Kabeca e apresentação dos Ogans e Abatazeiros da Casa Fanti. Além do lançamento do projeto teremos shows com os cantores Roberto Ricci, Célia Sampaio, Andrea Frazão, Gisele Padilha, Carlão Rastafari, Paula Guterres, Malluh, Livra Nogueira, George Gomes, Preta Lu, Manu e Banda Casarão Verde, Dj Pedro Sobrinho, Lena Machado Célia Maria, Tássia Campos, Luciana Pinheiro, Anastácia Lia, Tambor de Crioula de Taboca e Oficina Afro.

A poesia será contemplada com a presença dos artistas Pepê, Alan Vitor Saraiva, Lúcia Gato, Miguel Nobre e Pedro Nobre, Luiz Pazzini e Heinecken. O artista visual Gil Leros apresentará suas telas. A programação conta ainda, com a participação do tradicional Boi de Maracanã e o Tambor de Crioula de Taboca da Casa Fanti que animarão o primeiro Sarau de Axé, na capital maranhense.

Casa Fanti Ashanti

A Tenda São Jorge Jardim de Oeira da Nação Fanti Ashanti, foi fundada em São Luís do Maranhão pelo Sacerdote Euclides Menezes Ferreira (Talabyan), em 1954. Atualmente tem sede na Rua Militar nº 1158, no bairro Cruzeiro do Anil e é dirigida por Mãe Kabeca de Xangô, escolhida Yalorixá do Ilê pela Ancestralidade da Casa Fanti Ashanti.

Leia outras notícias em mirantefm.com. Siga, também, a Mirante FM no Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook. Peça sua música por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99161-9696.

Mais notícias

© 2019 - Todos os direitos reservados.