Sétima Arte

Mavi Simão tem filme selecionado pela curadoria do Festival de Cannes

Terminal Praia Grande será assistido pelo curador Manuel Moutier, representante do tradicional e famoso Festival de Cannes.
Pedro Sobrinho/Jornalista11/03/2019 às 11h42
Mavi Simão: diretora do longa-metragem Terminal Praia Grande e do Festival Maranhão na Tela. (Mavi Simão)

O programa Encontros com o Cinema Brasileiro, iniciativa da ANCINE em parceria com o Ministério das Relações Exteriores, divulgou no dia 22 de fevereiro, os longas-metragens brasileiros selecionados que irão participar da trigésima quinta edição do Encontros, desta vez com o Festival de Cannes e com a Quinzena dos Realizadores.

O curador Manuel Moutier, representante de Cannes, e Diego Lerer, da Quinzena dos Realizadores, estarão no Brasil, partir desta segunda-feira (11 de março) até sábado que vem, para assistir aos fimes selecionados em sessões exclusivas.

Entre os filmes selecionados está "Terminal Praia Grande", de Mavi Simão (Mil Ciclos Filmes), representando o Brasil, e especialmente, o Maranhão. O filme será assistido pelo curador Manuel Moutier, representante do Festival de Cannes.

No Plugado desse domingo (10/3), Mavi Simão, diretora do filme, falou da alegria em ver o seu longa-metragem, que traz a atriz Áurea Maranhão, como protagonista, selecionado em um evento grandioso e de dimensão internacional.

Indagada sobre quando os cinéfilos de São Luís poderão ter acesso ao filme, Mavi disse que está previsto para lançamento na edição 2019 do Maranhão na Tela.

Famoso

O Festival de Cannes é um evento de cinema criado em 1946, conforme concepção de Jean Zay, e até 2002 chamado Festival international du film, é um dos mais prestigiados e famosos festivais de cinema do mundo. Acontece todos os anos, no mês de maio, na cidade francesa de Cannes.

Audiovisual

A MIL CICLOS FILMES foi criada em 2006, no Rio de Janeiro, com o objetivo de desenvolver ações de fomento à produção audiovisual no Maranhão, através do FESTIVAL MARANHÃO NA TELA. Teve, ainda o FESTIVAL ELAS, focado no fomento ao empoderamento feminino através arte, entre outras iniciativas.

Confira abaixo os filmes selecionados:

Quinzena dos Realizadores

“Beco”, de Camilo Cavalcante (Aurora Cinema)

“Ilha”, de Ary Rosa e Glenda Nicácio (Rosza Filmes)

“Torre das donzelas”, de Susanna Lira (Modo Operante Produções)

“A cor branca”, de Afonso Nunes (Orapronobis Filmes)

“Sobradinho”, de Marília Hughes e Cláudio Marques (Coisa de Cinema)

“Gyuri”, de Mariana Lacerda (Bebinho Salgado 45)

“Helen”, de André Meirelles Collazzi (Prosperidade Content)

“Bento”, de Robney Bruno Almeida (Crisge Filmes, F64 Filmes, Mandra Filmes)

“Cora”, de Gustavo Rosa de Moura e Matias Mariani (Mira Filmes)

“Mudança”, de Fabiano Souza (Rainer Cine)

“Setembro Amarelo”, de Cibele Amaral (Expresso Brasil e 34 Filmes)

“Soldado Estrangeiro”, de José Joffily e Pedro Rossi (Coevos Filmes)

“O Homem Cordial”, de Iberê Carvalho (Acere)

Festival de Cannes

“Desvio”, de Arthur Lins (Canário Filmes)

“O Cerco”, de Aurélio Aragão, Gustavo Bragança e Rafael Spínola (Rocinante Produções)

“O Buscador”, de Bernardo Barreto (Berny Filmes Proj Art e Cult)

“Volume Morto”, de Kauê Telloli (Labuta Filmes)

“Alaska”, de Pedro Novaes (Panaceia Filmes)

“Pureza”, de Renato Barbieri (Gaya Filmes)

“Veneza”, de Miguel Falabella (Ananã Produções)

“Terapia do Medo”, de Roberto Moreira (Coração da Selva)

“Depois de ser cinza”, de Eduardo Wannmacher (Pironauta)

“Terminal Praia Grande”, de Mavi Simão (Mil Ciclos Filmes)

“O Homem Cordial”, de Iberê Carvalho (Acere)

“O Assassino das Trevas”, de Túlio Ramalho (Rama Filmes)

Leia outras notícias em mirantefm.com. Siga, também, a Mirante FM no Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook. Peça sua música por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99161-9696.

© 2019 - Todos os direitos reservados.