Cinema

Maranhão na Tela será aberto nesta quinta, em São Luís

O filme Beijo no Asfalto abre o festival. O ator Murilo Benício e o cineasta maranhense Frederico Machado serão homenageados.
Pedro Sobrinho / Jornalista12/11/2018 às 11h03
Mavi Simão conversando do Maranhão na Tela 2018 (Mavi Simão)

O Maranhão na Tela tem início nesta quinta-feira (15/11) e vai até o próximo dia 24 deste mês, em São Luís.

Ao todo serão exibidos mais de 100 filmes em oito mostras que incluem pré-estreias nacionais e filme regionais em competitiva. A programação do evento conta com painéis, rodada de negócios, debates, oficinas, masterclasses e laboratórios.

Em entrevista ao Plugado, na Mirante FM, Mavi Simão, idealizadora do festival, disse que esta edição marca uma parceria inédita com a Kinoplex. Serão cinco sessões diárias, todas gratuitas, nas salas KinoEvolution e Platinum. A KinoEvolution possui tecnologia de imagem e som de última geração e a Kinoplex Platinum é o cinema de luxo da rede, com poltrona reclináveis e espaçosas. Todas as sessão são gratuitas.

Além da programação, que será exibida em duas salas Kinoplex, no Golden Shopping, a maior rede de salas de cinemas 100% brasileira,
o Maranhão na Tela também terá atividades no Centro Cultural Vale Maranhão e no Hotel Grand São Luís", ressalta.

Sessão de Abertura e Homenageados

A abertura do maior festival de cinema do Maranhão será naquinta-feira, dia 15, às 20h, no Kinoplex Golden Sala Kinoevolution (Golden Shopping) com a exibição de Um beijo no asfalto, primeiro longa do ator e agora diretor Murilo Benício.

Ele é o principal homenageado do Maranhão na Tela e terá outros três filmes no evento: Os matadores, Divórcio, e O animal cordial.

Do maranhense Frederico Machado, outro homenageado do festival, serão exibidos oito filmes, entre os quais Infernos, Litania da Velha e Lamparina da Aurora.

Além das mostras com os dois homenageados, a maratona de filmes reúne as mostras Panorama Brasil, com seis filmes brasileiros inéditos; Cavídeo 21 anos, com três filmes da produtora do carioca Cavi Borges; Ação em Dupla, composta de cinco filmes dirigidos por dois diretores; e Animarte, o festival de animação que neste ano traz 47 filmes.

Entre as estreias nacionais passarão pela tela do festival Deslembro (Flávio Castro), A Sombra do Pai (Gabriela Amaral) e O Banquete (Daniela Thomas). São mais de 50 profissionais de todo o Brasil, entre autores e produtores de cinema, reunidos no Maranhão na Tela 2018. (Confira a programação completa no site www.maranhaonatela.com.br).

Em todas as suas edições, o Maranhão na Tela apresenta um artista local na identidade visual do evento. Neste ano todas as peças são baseadas em seis trabalhos de óleo sobre papel cartão do artista maranhense Walter Sá.

Leia outras notícias em mirantefm.com. Siga, também, a Mirante FM no Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook. Peça sua música por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99161-9696.

© 2019 - Todos os direitos reservados.