MPB

Jorge Vercilo defende a diversidade, música apurada e paga na internet

No bate-papo com Glaydson Botelho, o músico rasgou elogios ao Maranhão, destacando a visita que fez aos Lençóis Maranhenses.
Pedro Sobrinho / Jornalista19/07/2018 às 10h26
Jorge Vercilo em bate-papo com Glaydson Botelho no camarim (Divulgação)

O cantor e compositor Jorge Vercilo conversou com o radialista Glaydson Botelho, no camarim, antes do show que ele fez em São Luís, no último dia (13/7).

No bate-papo, ele disse que o músico de hoje deve ter um pensamento aberto no que diz respeito ao mercado e jamais deve esquecer a parceria. Também aproveitou para elogiar os Lençóis Maranhenses e dizer que rodar pelo Maranhão é sempre um privilégio.

- O músico tem que ser cada vez mais autosuficiente. Não deve esquecer que ninguém faz nada sem parceria. A cooperação é a palavra de ordem. Adoro sair pra tocar no interior do Brasil. Adoro estar aqui no Maranhão. Conheci o Delta do Parnaíba, através dos Lençóis Maranhenses e amei o lugar. É um dos lugares mais fascinantes do planeta. Prefiro viajar para os Lençóis Maranhenses à Paris. É a minha conexão energética com a natureza. Por isso, que faço e vivo de música, procuro levá-la a todos os cantos desse país continental - frisa.

Jorge Vercilo comentou, ainda, sobre a relação da internet na música. Fez críticas a quem faz música de mau gosto e defende uma música apurada, independente, da vertente sonora. Para ele, fazer música apurada "evolui quem faz e quem ouve".

Indagado sobre o mercado musical, Jorge Vercilo diz estar desestimulado em gravar música nova. Não concorda com uso do download de graça na internet, mas fez elogios ao "streaming".

- Sou verdadeiro em discordar em download gratuito na internet. É uma apropriação indevida. Gosto das plataformas do streaming ( a tecnologia streaming é uma forma de transmissão instantânea de dados de áudio e vídeo através de redes). Possibilita a cobrança de uma música valor em que todo mundo pode ter acesso - defende.

Jorge Vercilo disse que o grande caminho para o universo é a diversidade.

- A música não pode ser monocultura. É necessária uma variedade maior de cultura. Desta forma, o solo vai ficar com nutrientes mais rico - assegura.

Na Ilha

O cantor Jorge Vercillo esteve, no fim da semana passada, em São Luís para show, na boate The Music Hall (Lagoa da Jansen). O artista, apresentou a turnê “A Experiência”, cantou seus mais conhecidos sucessos.

Leia outras notícias em mirantefm.com. Siga, também, a Mirante FM no Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook. Peça sua música por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99161-9696.

© 2019 - Todos os direitos reservados.