Guriatã

Renata Amaral destaca a importância de Humberto de Maracanã

O trabalho, dirigido por ela , teve pré-lançamento no último dia 23, na comunidade do Maracanã, e retrata o folclorista falecido em 2015.
Pedro Sobrinho / Jornalista26/06/2018 às 10h19
Renata Amaral é também integrante do grupo A Barca (Renata Amaral)

A produtora do documentário Guriatã, Renata Amaral, disse, em entrevista nesse domingo (24/6), no Plugado, na Mirante FM, se sentir realizada com a finalização documentário "GURIATÃ" e da resposta dos familiares, brincantes do bumba meu boi de Maracanã e de quem mais esteve presente no pré-lançamento do trabalho, no último sábado (23/6), naquela comunidade.

Para Renata, o documentário é um dever cumprido após quase oito anos de pesquisa de centenas de registros e a convivência estreita com o Mestre Humberto, no qual a história de vida dele é contada. Ela afirmou, ainda, que o documentário será lançado em São Paulo, em data e local a serem definidos. E também vai percorrer o país.

Roteiro

Dezenas de entrevistas, apresentações do Boi de Maracanã, shows e celebrações revelam sua trajetória dentro do Bumba Boi, sua atuação como artista e líder comunitário, as relações familiares, religiosas, sua ligação profunda com a Incantaria e seu imaginário.

As gravações acompanham toda a temporada junina e os outros momentos do ciclo da brincadeira: o nascimento, o batizado e a morte do Boi, os autos dramáticos, os encontros de Bois de São Pedro e São Marçal, rituais religiosos e o trabalho dos artesãos na preparação da temporada.

Trazem registros de encontros de Mestre Humberto com antigos brincantes e mestres de Bumba Boi e outras tradições populares, em entrevistas conduzidas por ele. A história do Bumba Boi na Ilha de São Luís é reconstruída a partir da memória de Humberto, assim como as transformações das brincadeiras populares e a geografia particular da ilha ao longo de sua ocupação desde a década de 1940.

Segundo Renata, o documentário apresenta, ainda, imagens capturadas em 2014, que mostram os últimos momentos de Mestre Humberto à frente do Bumba Boi. O DVD também conta com um extra: o curta-metragem 3 Pedras, sobre o encontro inédito entre três dos maiores mestres das tradições populares brasileiras: Mestre Humberto de Maracanã, Pai Euclides, da Casa Fanti Ashanti e Mestre Apolônio, todos mortos no mesmo ano, 2015.

Reconhecimento

Contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2015-2016 para a sua finalização, o filme tem a direção e roteiro de Renata Amaral, produção executiva de Aline Fernandes, co-produção de André Magalhães e roteiro e supervisão de montagem de Diana Gandra.

Renata Amaral – Direção e Roteiro

Formada em Composição e Regência e pós-graduanda em Performance pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Se apresenta no Brasil e Europa ao lado de artistas como A Barca, Ponto br, Tião Carvalho, Sebastião Biano e Orquestra Popular do Recife.

Pesquisadora e contrabaixista, desde 1991 reúne um dos mais significativos acervos de tradições populares brasileiras, tendo produzido 30 CDs e 10 documentários de gêneros tradicionais, que receberam os prêmios Rodrigo Melo Franco de Andrade, do IPHAN (2012 e 2017), Rumos, do Itaú Cultural, Troféu Guarnicê, Prémio Cláudia, 23º Prémio da Musica Brasileira. Recebeu por duas vezes o prêmio Interações Estéticas da Funarte, ao realizar residências artísticas no Maranhão e no Benin.

Leia outras notícias em mirantefm.com. Siga, também, a Mirante FM no Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook. Peça sua música por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99161-9696.

Selo IVC
© 2019 - Todos os direitos reservados.