Abrindo o Verbo

Célio Roberto explica danos e cheia em Mirador e região

O comandante do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) foi o entrevistado desta quarta (5) do Abrindo o Verbo, da Rádio Mirante AM
Rádio Mirante AM05/01/2022 às 16h15

Em entrevista ao programa Abrindo o Verbo, da Rádio Mirante AM, o comandante do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), coronel Célio Roberto, afirmou que o alagamento do solo e a falta de escoamento da água de chuvas entre os meses de outubro e dezembro podem ter sido as principais causas da enchente que consumiu grande parte do município de Mirador, distante 492 km de São Luís.

101 famílias estão desabrigadas no local e 20 munícipios estão isolados por causa do volume das águas. A Prefeitura de Mirador decretou situação de emergência desde a última segunda-feira (3).

Após visita aos munícipios afetados pela cheia, o coronel estimou danos ao lado de autoridades do Governo do Estado na manhã de hoje (5), já na capital.

"Começou a chover desde a segunda quinzena do mês de outubro e, de certo modo, teve um lado positivo, pois diminuiu o número de queimadas, que naquela região é intenso. O solo foi sendo encharcado com as chuvas de outubro, novembro e dezembro e agora, no final do ano, começou a chover muito. Mirador tem dois importantes rios que nascem na reserva, que são o Itapecuru e o Alpercatas e que se encontram em Colinas, mas com a grande quantidade de água, ambos os rios ficaram muito cheios", afirmou o comandante.

Ouça a entrevista completa.

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

Selo IVC
© 2019 - Todos os direitos reservados.