Abrindo o Verbo

Yglésio Moyses fala sobre desafios frente ao Moto Club

O deputado estadual e presidente da instituição esportiva foi o entrevistado do programa Abrindo o Verbo desta terça (23)
Rádio Mirante AM23/11/2021 às 21h40

Em entrevista realizada na tarde desta terça-feira (23) ao programa Abrindo o Verbo, da Rádio Mirante AM, o deputado estadual e presidente do Moto Club, Yglésio Moyses (PROS), fez um balanço sobre a situação estrutural e financeira do clube.

“A missão no Moto é uma que a gente já sabia que era difícil. O time só no TRT do Maranhão tem 117 processos em que figura como parte ré. Nos outros estados também existem várias ações, tem dívida previdenciária que até hoje a gente não conseguiu que o Cartório Cantuária de Azevedo entregasse a ata, inclusive há uma demora, o serviço de cartório é péssimo inclusive por conta disso, já estamos aí já no terceiro dia para o registro de uma ata de posse que me impossibilita por exemplo de ter um certificado digital, de acessar as ações no TRT - que estamos tentando pedir para que todas sejam reunidas em um único juízo, para que possamos efetuar negociações. Enquanto isso, os problemas continuam a acontecer”, comentou o presidente.

Sobre o processo de reestruturação do Moto, Yglesio reiterou sua intenção de investir na categoria de base do time e de montar um time enxuto, mas competitivo e que valorize atletas maranhenses para a disputa dos próximos campeonatos onde o Moto tem participação: Estadual, Série D do Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. Para chegar neste objetivo, conversas com potenciais patrocinadores também estão sendo realizadas.

“Nós precisamos de apoio e de patrocinadores que acreditem em um processo de reestruturação. Algumas parcerias estão sendo sinalizadas. Claro que não podemos trazer nomes, até porque pode atrapalhar no curso da coisa, mas a gente já fez conversa na Secretaria de Esporte para o ano que vem, com lei de incentivo para reestruturar a base, para termos uma estrutura lá dentro com piscina e academia para jogadores”, pontuou.

Ouça a entrevista completa.

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

© 2019 - Todos os direitos reservados.