Ponto Final

Neto diz que Weverton está à frente entre os pré-candidatos

O parlamentar esclareceu que os presidentes dos partidos que integram o grupo do governador Flávio Dino, assinaram um documento que define critérios para a escolha do candidato ao executivo municipal.
Rádio Mirante AM26/08/2021 às 09h27

Nesta quinta-feira (26), o deputado estadual Neto Evangelista, em entrevista ao Ponto Final, com o radialista Jorge Aragão, na Mirante AM, falou sobre a disputa dentro do grupo do governador Flávio Dino, para saber quem será o pré-candidato ao executivo estadual.

Neto Evangelista primeiro comentou a fala do deputado federal Edilázio Jr. que afirmou ser inevitável um racha no grupo. Evangelista disse que por enquanto as partes estão dialogando bastante, principalmente o vice governador Carlos Brandão e o senador Weverton Rocha.

"Eu respeito muito o deputado Edilázio, foi deputado estadual junto comigo, é um grande parlamentar, tenho um respeito muito grande por ele, mas ele só pode estar sabendo mais coisa do que a gente do próprio grupo para ele cravar e dizer: - Vai rachar! Não tem como. Ele tá sabendo mais coisa do que quem faz parte do grupo. Mas como você falou, o grupo é grande, ele precisa ser liderado constantemente e esse diálogo possa ser permitido. O vice governador Carlos Brandão, o senador Weverton eles vêm dialogando individualmente, apenas os dois, é importante frisar isso. A tentativa é da construção de uma unidade, agora em política tudo pode acontecer. Não posso te afirmar que vai ter unidade ou vai ter racha. Tudo depende da condução que vai ter daqui até lá", disse Neto Evangelista.

O parlamentar explicou que há inclusive um documento que define critérios de avaliação para que seja definido quem será o candidato do governador Flávio Dino no pleito 2022. Neto Evangelista destacou que hoje, segundo esses critérios, o senador Weverton seria o candidato.

"Houve a assinatura de um documento pelos presidentes de partidos que fazem parte do grupo do governador Flávio Dino. Acho que o documento foi um documento importante, do ponto de vista das regras que foram colocadas dentro deles, pesquisas qualitativas, quantitativas, a oitiva das lideranças e presidentes de partidos que fazem parte desse grupo. Óbvio, com a assinatura de todos os presidentes de partidos, esse documento respeitado, eu acredito muito que se fosse hoje, essa decisão o senador Weverton era o nome que estaria dentro de todos esses critérios, mais avançado que os outros pré-candidatos do grupo, que tem ainda o Simplício Araújo e o Josimar do Maranhãozinho", explicou Neto Evangelista.

Ouça a entrevista completa.

Leia outras notícias em miranteam.com. Siga, também, a Mirante AM no Twitter e curta nossa página no Facebook. Fale conosco por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99142-5060.

© 2019 - Todos os direitos reservados.